Tiago Nunes reconhece falhas na defesa e elogia postura do Grêmio após gols sofridos

Tiago Nunes reconhece falhas na defesa e elogia postura do Grêmio após gols sofridos

Treinador fez sua estreia na casamata gremista neste sábado

Correio do Povo

Tiago Nunes fez sua estreia na casamata gremista

publicidade

O resultado - vitória e manutenção da liderança do Gauchão - faz com que o técnico Tiago Nunes tenha razões para comemorar em sua estreia no Grêmio. No entanto, a atuação, e os sustos no segundo tempo geraram preocupação no comandante. "Tivemos alguns erros de marcação na bola parada e isso resultou no primeiro gol deles", explicou. Na partida deste noite, o Tricolor mudou sua forma de marcação: atacando os adversários por zona, de maneira "mista". "A nossa questão hoje foi dar continuidade na marcação que o time fez nos últimos dois jogos. Eu não tive a oportunidade de treinar quem jogou hoje, pois eles estavam no processo de recuperação da partida da última quinta, precisamos corrigir isso, sem dúvida”, acrescentou. 

Apesar das ressalvas defensivas, Tiago Nunes elogiou a postura dos atletas dentro de campo e a capacidade de se adaptar ao cenário da partida. Depois do 3 a 0, o time gremista sofreu dois gols rapidamente. "De maneira geral, estou feliz com a nossa equipe. Lutou bastante, não desistiu. (...) Nós temos um grupo experiente e rodado, lógico que quando você toma dois gols rápido isso chama atenção. É importante ver que a equipe conseguiu se recuperar e criar consistência. Foi um jogo muito físico também”.

Agora, o comandante terá até a próxima quinta-feira, quando o Grêmio enfrenta o Lanús, na Argentina, pela Copa Sul-Americana, para treinar a equipe e ajustar os erros da última partida. Segundo ele, a tendência é que o time se repita. "Eu sempre penso que a sequência de jogos ajuda muito no entrosamento dos atletas. A gente vai tentar repetir uma base de equipe, se algum jogador tiver que ser poupado por uma questão específica a gente faz a troca”.

Perguntado sobre o meia Jean Pyerre, que está envolvido em uma negociação com a MLS, o treinador reiterou que não recebeu informações sobre a negociação e conta com o atleta. "Ele tem essa liberdade de movimentação, muitas vezes vir um pouquinho mais atras, lógico que temos de criar combinações para, quando ele descer, alguém ocupar esse setor mais ofensivo, se não ficamos com a posse de bola sem aproveitá-la", salientou.  

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895