Guarda Municipal prepara esquema para evitar aglomerações de torcedores na Capital

Guarda Municipal prepara esquema para evitar aglomerações de torcedores na Capital

Ofensiva será intensificada no entorno de estádios e bares da Cidade Baixa

Lucas Rivas / Rádio Guaíba

Guarda Municipal fara ações para evitar aglomerações durante os jogos da dupla Gre-Nal no domingo

publicidade

Com a liberação parcial dos jogos de futebol em Porto Alegre neste final de semana em meio à pandemia, a Guarda Municipal vai realizar uma força-tarefa para fiscalizar possíveis aglomerações de torcedores em pontos estratégicos da cidade enquanto a bola rola no Beira-Rio e na Arena, sem a presença de público. Nessa sexta-feira, o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior, autorizou a realização das partidas, em caráter experimental, uma vez que a cidade se encontra na bandeira vermelha, classificada como região de alto risco de contágio para o coronavírus.

Neste domingo, a partir das 16h, o Inter jogará contra o Esportivo no Beira-Rio e o Grêmio enfrentará o Novo Hamburgo, às 19h, na Arena, pelas semifinais do Gauchão. Para evitar que torcedores promovam aglomerações, o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento, adianta que as patrulhas serão intensificadas no entorno dos estádios e em bares da Cidade Baixa. Ao todo, 40 agentes de segurança vão atuar na força-tarefa.

“Todas as guarnições da Guarda Municipal estão orientadas a seguir os procedimentos para as demandas do 156 sobre denúncias de aglomerações em virtude dos jogos. Agora, com a liberação dos jogos estaremos aumentando a fiscalização com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico em bares e locais que naturalmente concentram pessoas para assistirem aos jogos, como no entorno dos estádios e no bairro Cidade Baixa”, alerta.

Caso sejam constatadas irregularidades, estabelecimentos e torcedores poderão ser multados. No caso de bares, a Guarda Municipal irá interditar o local e cassar o alvará de funcionamento. Para os cidadãos, autuações serão emitidas, podendo levar à prisão em caso de resistência. Além disso, multas poderão ser aplicadas tanto para estabelecimentos comerciais quanto para torcedores. O valor máximo das infrações pode chegar a R$ 8 mil.

Conforme decreto vigente no município, os bares de Porto Alegre podem operar apenas dentro do sistema de pague e leve e tele-entrega.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895