Abel comanda seu último treino como técnico do Inter, sonhando com o tetracampeonato

Abel comanda seu último treino como técnico do Inter, sonhando com o tetracampeonato

Em sua sétima passagem, treinador deve se despedir da casamata colorada ao final do Brasileirão

Correio do Povo

Abel é o técnico que mais comandou o Inter na história

publicidade

*Com informações do repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba

Precisando vencer o Corinthians no estádio Beira-Rio e torcer por um tropeço do Flamengo contra o São Paulo, o Inter, do técnico Abel Braga, sonha com o tetracampeonato na última rodada do Brasileirão. Nesta quarta-feira, o comandante colorado realizou seu último treinamento em sua sétima passagem em Porto Alegre. Abel deve sair ao final da competição nacional e o espanhol Miguel Ángel Ramírez, que já tem um pré-contrato assinado, será o novo comandante. 

Campeão do Mundo e da Libertadores, Abel é o técnico que mais comandou o Inter na história e, após trabalhos sem sucesso em Flamengo, Cruzeiro e Vasco, conseguiu se reerguer no cenário do futebol brasileiro. Nesta temporada, foi o responsável pela maior sequência de vitórias da história de uma equipe nos pontos corridos do Brasileirão: nove. 

Ao assumir no começo de 2021, o presidente Alessandro Barcellos - que sucedeu Marcelo Medeiros, responsável pela contratação de Abel -  sempre "jogou limpo" com o atual treinador sobre as mudanças. Ele sustentou sua manutenção até o final do Brasileirão e blindou o vestiário colorado para focar totalmente na campanha que manteve o time na liderança e na última rodada com chances de título. 

Assim como Abel, o grupo de jogadores também deve passar por uma reformulação para a próxima temporada. Na prática, este será o primeiro ano da nova gestão, que, em função da pandemia, assumiu durante o ano futebolístico de 2020 com as competições em andamento. A expectativa é de que jogadores jovens sejam mais aproveitados e uma nova política de contratações seja implementada. 

Independente da "renovação" no elenco e a mudança na comissão técnica, o grupo colorado está focado em "fazer história" e quebrar o jejum de 41 anos do Inter sem ganhar um Brasileirão. Para isso, na quinta-feira, às 21h30min, o Inter precisa vencer o Corinthians no Beira-Rio e torcer para que o Flamengo não triunfe sobre o São Paulo, no Morumbi, no mesmo horário. O provável time deve ter Lomba; Heitor, Cuesta, Lucas Ribeiro e Moisés; Dourado, Praxedes, Edenilson e Patrick; Caio Vidal (Thiago Galhardo) e Yuri Alberto. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895