Aguirre deixa abertura para "trabalho do zero" no Uruguai, mas afirma: “Estou muito feliz no Inter”

Aguirre deixa abertura para "trabalho do zero" no Uruguai, mas afirma: “Estou muito feliz no Inter”

Treinador salientou que quer cumprir contrato até o fim no Colorado

Correio do Povo

“Eu gosto de falar de coisas concretas", disse Aguirre

publicidade

As horas que antecederam a partida contra o Palmeiras, neste domingo, testaram o coração do torcedor do Inter. Isso porque o técnico Diego Aguirre era cotado pela imprensa local para assumir a seleção do Uruguai, caso Óscar Tabárez deixasse o comando da Celeste. Em um primeiro momento, a Federação Uruguaia confirmou a saída, mas depois voltou atrás, mantendo “El Maestro” até o fim das Eliminatórias.

“Eu estou muito feliz no Inter e me sinto bem aqui. Às vezes acontecem coisas e chances que você nem imagina. Minha ideia é cumprir meu contrato com o Inter”, disse Aguirre na coletiva após o jogo.

Veja Também

O treinador tentou desviar das perguntas relacionadas à Celeste. Enfatizou que nem ele, nem o Inter foram procurados pela Federação Uruguaia para tratar do assunto.  No entanto, Tabárez deve ficar apenas até o final das Eliminatórias, o que abriria uma vaga para que um novo técnico iniciasse um trabalho do zero – o que agradou Aguirre. “Sim, eu me sinto muito mais uma à vontade com uma coisa que começa”, confessou. “Eu gosto de falar de coisas concretas. Se isso for uma possibilidade, falaremos”, completou.

Há 15 anos no comando do Uruguai, Óscar Tabárez vive um dos momentos de maior turbulência desde a Copa América de 2007. No entanto, superou os problemas para vencer o único título do Uruguai sob seu comando, a Copa América de 2011. É, por enquanto, o técnico mais longevo no cargo de técnico de uma das oito seleções campeãs do mundo. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895