Após vice da Copa do Brasil, Melo reafirma confiança no trabalho de Odair Hellmann
capa

Após vice da Copa do Brasil, Melo reafirma confiança no trabalho de Odair Hellmann

Vice de futebol do Inter destacou méritos do Athletico-PR e pediu foco no Brasileirão: "Temos que lamber as feridas"

Por
Correio do Povo

Dirigente projeta recuperação imediata por melhor campanha no Brasileirão

publicidade

Após a derrota no segundo jogo da final da Copa do Brasil, por 2 a 1, para o Athletico-PR, que fez o Inter ficar com o vice-campeonato da competição, o vice-presidente de futebol Roberto Melo reafirmou a confiança no trabalho do técnico Odair Hellmann. Ele também pediu foco no Brasileirão e citou a necessidade de reforçar a atenção no campeonato nacional.

Para defender a continuidade do trabalho, o dirigente usou o exemplo justamente do rival que saiu vencedor do Beira-Rio na noite desta quarta. Citou o que vem sendo feito no Athletico-PR, com a manutenção do técnico Tiago Nunes, campeão da Copa Sul-Americana no ano passado. "É o grande exemplo. Vem há bastante tempo colhendo frutos do trabalho, com um treinador há um bom tempo no comando da equipe", destacou.

O vice de futebol admitiu a frustração, já que esperava reverter o resultado negativo no Paraná. Ele disse que já havia ocorrido conversas no vestário sobre a partida, e citou a necessidade de "lamber as feridas" após a derrota. "Muito dolorido. Todo mundo está chateado, triste. Mas precisamos reagir", afirmou.

Após a perda do título, Melo também reconheceu e parabenizou o desempenho do Athletico-PR na conquista do título inédito da Copa do Brasil. Ele reconheceu a superioridade do rival nos 180 minutos. "Faltou a gente jogar mais. Começamos bem o jogo, mas o Athletico foi melhor, e está de parabéns", frisou. 

O Inter ocupa, no momento, a quarta colocação no Brasileirão, e está na briga pelo título, na visão do vice de futebol Colorado. Citou a necessidade de esquecer a Copa do Brasil, e pediu para a equipe "entrar de cabeça" no Brasileirão. "Estamos no G4. Nos resta o Brasileiro, estamos bem colocados entre os primeiros. Vamos brigar pelo título que nos resta", projetou.

Pelo Brasileirão, o Inter volta a campo no domingo, às 11h, para enfrentar a Chapecoense, no Beira-Rio, na reabertura do segundo turno da competição.