Barcellos confirma saída de Abel do Inter e Miguel Àngel Ramírez como "principal nome"

Barcellos confirma saída de Abel do Inter e Miguel Àngel Ramírez como "principal nome"

Emocionado, presidente reconheceu esforço da equipe e agradeceu o trabalho do treinador na campanha do Brasileirão

Correio do Povo

Inter ficou no 0 a 0 com o Corinthians e não venceu no Beira-Rio

publicidade

Após empatar com o Corinthians no estádio Beira-Rio e deixar o título brasileiro escapar, o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, reconheceu a luta dos jogadores, o empenho do técnico Abel Braga e falou em "levar lições para o futuro" depois da decepção dolorida. O mandatário colorado também confirmou a saída do atual treinador e revelou que o espanhol Miguel Ángel Ramírez é o principal nome para assumir a casamata na próxima temporada. 

"Quero agradecer o Abel Braga pelo trabalho, pela dedicação. Sou um torcedor que em 1989 estava olhando na arquibancada o Abel fazendo uma campanha belíssima na Libertadores e comigo no comando ele se torna o treinador que mais comandou o Inter", disse. "Hoje se encerra um ciclo, fizemos uma conversa com vários treinadores, mais de uma. O Miguel Ángel Ramírez é um deles. A partir de amanhã, iremos projetar nomes. O principal nome é Miguel, mas ainda sem nenhuma parte de confirmação (...) Existem grandes possibilidades de avançarmos", explicou em entrevista coletiva. 

Mais cedo, Abel também se despediu do Inter depois do empate nesta quinta-feira. Segundo Barcellos, o processo foi sempre transparente com o técnico, que assinou o vínculo até o final do campeonato. "Fizemos uma conversa com Abel lá na Bahia. E com a convicção dessa nova direção, nós entendiamos que naquele momento era o momento da manutenção do trabalho para que o Abel permanecesse", ponderou. 

O mandatário confirmou que - como não poderia ser diferente - o clima no vestiário do Inter era de abatimento. Porém, na sua avaliação, o abatimento servirá de motivação para a equipe, que viu o tetracampeonato escapar por pouco. "Nós vimos um vestiário triste, com muitas lágrimas. Mas com lágrimas que nos deixam com esperanças". 

O presidente também evitou procurar culpados sobre a queda de rendimento do Inter na reta final do Brasileirão. Com cinco rodadas para o fim, o Colorado era líder com quatro pontos de vantagem para o Flamengo. De lá para cá, a equipe de Abel fez cinco dos quinze possíveis e viu o título escapar. "Responsabilidade é da direção. Assumimos esta responsabilidade. Uma temporada atípica, que tivemos muitas lesões de jogadores importantes, troca de comissão, lançamento de jovens". 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895