Coudet lamenta empate sofrido com gols em "erros do Inter"

Coudet lamenta empate sofrido com gols em "erros do Inter"

Técnico vê equipe dominando a partida, mas não conseguindo definir o resultado

Correio do Povo

Eduardo Coudet lamentou o empate no fim

publicidade

O técnico do Inter, Eduardo Coudet, lamentou o empate cedido no final do jogo contra o Bahia neste domingo, no estádio Beira-Rio. Segundo "Chacho", a equipe colorada dominou as ações e sofreu o gol no único arremate sofrido em todo o segundo tempo. 

"Ambos os gols foram erros nossos, diante de um rival, que no primeiro tempo penso que deu um único chute no nosso gol e no segundo tempo não sofremos nenhum pelo que me lembre (...) Cometemos dois erros e a única chance clara no segundo tempo foi a bola parada que sofremos. Teria sido incrível se perdêssemos este jogo, pois não geramos situações na defesa e tivemos várias chances para finalizar o jogo e não aproveitamos", disse o técnico. "Cometemos erros e pagamos", ressaltou.

Sobre o pênalti marcado para o Bahia, com auxílio do VAR, Coudet afirmou que não entendeu, inicialmente, a razão de o árbitro ter ido até o vídeo. "Não entendi na hora. Estava acompanhando o lance da bola. Quando chamou achei que era para alguma expulsão de Peglow. Depois que fui ver o jogador do Bahia caído", salientou. 

Apesar da boa entrada de Abel Hernandez, que se movimentou bastante e gerou situações de gol, Coudet explicou que o jogador não deve aparecer na equipe titular contra o Ceará, na próxima quinta-feira. "Não creio que começará. Não tem capacidade de atuar 90 minutos. Entrou bem hoje, deu passe para Marcos Guilherme, se movimentou, mas para ser titular é difícil", concluiu. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895