D'Ale faz gol, dá assistências, e Inter vence o Pelotas no Beira-Rio

D'Ale faz gol, dá assistências, e Inter vence o Pelotas no Beira-Rio

Vitória por 3 a 1 no primeiro jogo de Coudet diante do torcedor foi marcado por boa atuação do meia

Por
Correio do Povo

D'Alessandro comandou vitória do Inter por 3 a 1 sobre o Pelotas


publicidade

Na primeira partida sob o comando de Eduardo Coudet diante da torcida, o Inter deu uma boa mostra do futebol para o seu torcedor. Na noite deste domingo, o Colorado dominou o Pelotas e, com autoridade e boa atuação de D'Alessandro, venceu por 3 a 1. A equipe foi superior ao adversário durante os 90 minutos, sem correr riscos.

O primeiro gol foi marcado na etapa inicial, com lançamento de D'Alessandro para Edenílson marcar. No segundo tempo, o próprio argentino marcou, de falta. De cabeça, Guerrero fez o terceiro, enquanto Felipe Chaves anotou o de honra para o Pelotas. 

Com o resultado, o Inter mantém o 100% no Gauchão e lidera a chave A da competição, com seis pontos. Agora, o Colorado viaja até Ijuí, onde enfrenta o São Luiz, na quarta-feira, às 21h30min, em jogo válido pela terceira rodada da competição. 

Com assistência de D'Ale, Inter abre o placar 

Para sua estreia no Beira-Rio, Coudet mandou a campo os titulares, com o que tinha de melhor à disposição, já visando a preparação para a Libertadores, que começa no dia 4 de fevereiro, contra a Universidad de Chile. Marcelo Lomba, a dupla de zaga titular com Moledo e Cuesta, além de Guerrero, foram algumas das atrações para a torcida colorada. 

Assim como havia acontecido em Caxias do Sul, o Inter começou dominando a partida. Com muito mais posse de bola que o Pelotas, Colorado trocou passes no campo do adversário, tentando furar o bloqueio. Nos minutos iniciais, os visitantes se limitavam a marcar atrás da linha do meio campo, sem arriscar chegadas à frente.

Não demorou para que o Inter transformasse sua superioridade na partida em bola na rede. Aos 25 minutos do primeiro tempo, do meio campo, D'Alessandro achou belo lançamento buscando Edenílson no ataque. O meia invadiu a área e, no domínio, tirou a marcação para tocar cruzado e abrir o placar no Beira-Rio. 

Após o gol, o Inter manteve o ritmo. Voltou a criar chances de gol, e dominou especialmente por conta das jogadas pelas laterais. Moisés, pela esquerda, fazendo sua estreia, e Rodinei pela direita, tiveram bastante participação nas ações ofensivas do Colorado. Foram oito finalizações e oito escanteios no primeiro tempo, que acabou em 1 a 0, mesmo com mais volume de jogo.

Inter amplia e assegura vitória no segundo tempo

No segundo tempo, o Inter seguiu com a agressividade da primeira etapa, dominando o confronto. Aos 14 minutos, uma jogada de D'Alessandro resultou em falta muito perto da risca da grande área, no lado direito. O próprio argentino bateu, de perna esquerda, com muita categoria, no ângulo esquerdo do goleiro do Pelotas, para fazer 2 a 0. 

Cinco minutos depois, o Pelotas criou sua melhor chance no jogo, mesmo que um pouco sem querer. Hugo Sánchez bateu, a bola desviou em Tadeu e, no reflexo, Marcelo Lomba conseguiu voltar a tempo para evitar o gol de desconto. 

Mas foi o Inter quem ampliou. Muito superior, o Inter voltou a empilhar chances, tendo muitos escanteios em sequência. Num deles, chegou ao terceiro gol após Guerrero subir mais que a zaga do Pelotas, aos 25 minutos do segundo tempo.

Aos 39, o Pelotas anotou seu gol de honra. Em cobrança de escanteio pela esquerda de ataque, Lomba ficou indeciso quanto à saida para a bola lançada no segundo pau e o zagueiro Felipe Chaves completou para as redes. Nada que atrapalhasse, no entanto, a vitória do Colorado, que segue 100% no Gauchão. 

Gauchão 2020 - 2ª Rodada 

Inter 3 
Marcelo Lomba; Rodinei (Marcos Guilherme), Cuesta, Moledo e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, Johnny e D'Alessandro (Thiago Galhardo); Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet 

Pelotas 1 
Douglas Silva; Osvaldir (Jô), Negretti, Felipe Chaves e Juliano Tatto; Felipe Guedes, Thiago Costa, Matheus Santana e Hugo Sanches (Gabriel Soares); Juliano (Wallacer) e Tadeu. Técnico: Antônio Picoli 


Gols: Edenílson (25/1T), D'Alessandro (14/2T) e Guerrero (25/2T); Felipe Chaves (39/2T)
Cartões amarelos: Moisés e Patrick (Inter); Juliano Tatto (Pelotas) 
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)