Direção do Inter crê na permanência de Paolo Guerrero
capa

Direção do Inter crê na permanência de Paolo Guerrero

Executivo de Futebol revelou que nenhum clube procurou o Colorado para tratar de uma possível transferência

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Rodrigo Caetano revelou que nenhum clube procurou o Colorado para tratar de uma possível transferência de Paolo Guerrero

publicidade

O Executivo de Futebol do Inter, Rodrigo Caetano, acredita que Paolo Guerrero deve permanecer no Inter e cumprir o contrato que tem com o clube até fim de junho de 2021, mesmo com o interesse do Boca Juniors. Desde que o peruano convidou Juan Roman Riquelme para um jogo beneficente, em Cuzco, o ex-jogador e candidato a vice de uma das chapas para a presidência do clube argentino vem falando sobre o desejo que tem de contratar “o Predador”. Desde então, as especulações dos veículos de imprensa da Argentina apontam para uma possibilidade da transferência ocorrer.

“Na verdade, o Paolo Guerrero é um jogador internacionalmente reconhecido e, muito provavelmente, creio que não seja o Boca o único interessado. O que posso responder é que ele tem contrato até o meio de 2021. Quando ele chegou, veio disposto a cumprir o contrato, já que o Inter o abraçou em um momento difícil. Ele também fez a escolha de vir para o clube em um momento difícil também. Iniciou a jogar por meados de abril e fez uma temporada desgastante para um jogador que ficou parado durante um bom tempo”, ressaltou o dirigente.

A estreia do peruano no Inter foi contra o Caxias, na semifinal do Gauchão, no dia 6 de abril, no Beira-Rio. O artilheiro deixou a sua marca com um gol marcado. Desde então, Guerrero atuou 38 vezes com a camisa do Inter e marcou 18 gols. Com ele em campo, o Colorado venceu 19 vezes, empatou nove e foi derrotado em 10 oportunidades. Apesar da instabilidade do time na temporada, Caetano acredita na permanência do jogador.

“Creio que ele está feliz e nunca demonstrou, em nenhum momento, o desejo de sair. Esperamos contar com ele por muito tempo. Nenhum clube nos procurou e esperamos que ele cumpra o contrato. Quem sabe, até fique por mais tempo”, declarou o Executivo.

Segundo informado pelo Diário Olé, o clube que desejar contar com o centroavante em 2020 terá que desembolsar cerca de 4,5 milhões de dólares. A direção do Inter não confirma o valor da multa que os interessados terão que pagar para ter o peruano.

O Inter volta aos treinos a partir das 15h30min. Na sexta-feira, a atividade está marcada para as 10h30min e depois ocorre a viagem para o Rio de Janeiro. A partida contra o Botafogo está marcada para sábado, às 19h, no Engenhão.