Edenilson realiza tratamento e passará por teste antes do jogo com o Flamengo
capa

Edenilson realiza tratamento e passará por teste antes do jogo com o Flamengo

Após 13 dias de recuperação, a informação é que as dores diminuíram e que ele deve atuar contra o Rubro-Negro

Por
Correio do Povo

Edenilson sofreu a lesão contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, após enfrentar Nacional, pela Libertadores, e Fluminense, pelo Brasileirão, em sete dias

publicidade

O grande mistério sobre a escalação do Inter para o primeiro jogo das quartas de final da Libertadores, contra o Flamengo, nesta quarta-feira, é Edenilson. Considerado peça fundamental do esquema do técnico Odair Hellmann, o volante sofreu uma lesão muscular na coxa direita há 13 dias e, desde então, vem realizando tratamento intensivo para se livrar das dores. Edenilson viajou para o Rio de Janeiro e seguirá como dúvida até momentos antes do confronto.

“O Edenilson irá tratar até a hora do jogo e fará fazer um teste no vestiário (para saber se terá condições de jogo)”, revelou o vice de futebol do Inter, Roberto Melo.

O planejamento do clube é ter todo o cuidado possível para evitar que o problema seja agravado e ele fique mais tempo afastado. Na terça-feira, antes da viagem para o Rio, o jornalista Juremir Machado da Silva revelou no programa Ganhando o Jogo que o jogador de 29 anos havia melhorado e enfrentará o rubro-negro no Maracanã.

Edenilson esteve em campo em 33 das 45 partidas do Inter no ano. Segundo as estatísticas do site O Gol, em 21 oportunidades, o Colorado saiu com a vitória. Com o volante no gramado, a equipe ainda empatou seis e perdeu seis. Marcou cinco e deu duas assistências que terminaram em gols. A lesão ocorreu contra o Cruzeiro, no terceiro jogo de uma série de disputadas em sete dias. Se não tiver condições de jogo, Nonato, Rithely e Bruno Silva são as opções de Odair Hellmann.

A confirmação da escalação do Inter ocorrerá uma hora antes dos times iniciarem a disputa por uma vaga para a semifinal. O jogo está marcado para as 21h30min, no Maracanã.