Herrmann nega rescisão e diz que Inter conta com Guerrero em campo em 2021

Herrmann nega rescisão e diz que Inter conta com Guerrero em campo em 2021

Vice de futebol do clube afirmou que "todo mundo tem o direito de estar insatisfeito com alguma coisa"

Correio do Povo

Vice do clube afirmou que "todo mundo tem o direito de estar insatisfeito com alguma coisa"

publicidade

O vice-presidente de futebol do Inter, João Patrício Herrmann, garantiu que o clube segue apostando na recuperação de Paolo Guerrero e que "ainda vai contar muito com o jogador" para integrar o elenco em 2021. Ele afastou qualquer possibilidade de que o peruano seja dispensado pela direção, afirmando que o clube rebeceu "com muita tranquilidade" notícias de que o jogador estaria incomodado com sua situação no elenco. "Todo mundo tem direito de estar insatisfeito com alguma coisa", resumiu.

"Entendo a ansiedade dele querer voltar a jogar futebol, contamos muito com a sua volta, é um jogador importante. Tem um contrato de sete meses ainda pela frente. O Inter fez um investimento alto nesse atleta, esperou em vários momentos, continua esperando e nós vamos contar muito com o Guerrero ainda neste ano. Essa é a nossa ideia, nossa intenção", disse em entrevista à Rádio Guaíba, neste domingo. 

Veja Também

Sobre a informação de que Guerrero estaria descontente com a possibilidade de não renovar o contrato, Hermann disse que "prefere deixar esse tipo de manifestação para ser tratada de forma interna" e que não iria "emitir juízo de valor sobre como o jogador se sente". "Nossa relação é muito boa, ainda hoje pela manhã conversamos, ele está muito focado em sua recuperação. Não falamos sobre esse assunto, o que falamos é sua recuperação. Hoje estava na fisioterapia", afirmou.

Ao comentar uma manifestação do empresário do jogador, Vinicius Prattes, sobre a rescisão do contrato, não foi comunicada ao clube. "Esse tipo de declaração, a nós não chegou nada de forma oficial, e vamos continuar trabalhando na recuperação do atleta. É muito importante, mundialmente conhecido e que esperamos que volte a performar em campo, que é o lugar dele", disse.

"Sempre que não estou de acordo com algo no Inter, trato de forma interna. Mesmo que seja com algum empresário, conselheiro, dirigente. Isso é a forma que eu ajo, com respeito ao clube. Cada um age de acordo com a sua consciência, cada um com o seu propósito", disparou. "Eu acho que cada um se manifesta de uma forma. Quero deixar claro que o nosso foco é o jogo de hoje (contra o Juventude, pelo Gauchão) e estamos aqui para defeder o Inter e que tudo dê certo para o clube", completou.

Guerrero passou parte da temporada 2020 lesionado e desfalcou o Inter nas fases eliminatórias da Libertadores e durante o segundo turno do Brasileirão. O jogador voltou a jogar no começo deste ano e atuou poucos minutos sob o comando de Miguel Ángel Ramírez. Na última semana, foi afastado dos trabalhos com bola após novamente sentir um desconforto no joelho operado. 

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895