Inter confirma João Patrício Hermann e Paulo Bracks no futebol

Inter confirma João Patrício Hermann e Paulo Bracks no futebol

Hermann será o novo vice de futebol do clube, enquanto Bracks assumirá como diretor executivo

Correio do Povo

Paulo Bracks será o novo diretor executivo do Inter

publicidade

O presidente eleito do Inter, Alessandro Barcellos, anunciou nesta terça-feira que João Patrício Hermann será o novo vice-presidente de futebol do Inter. Ele também confirmou a contratação de Paulo Bracks, como novo diretor executivo do clube – em substituição a Rodrigo Caetano. Eleita neste mês, a nova diretoria do Inter assume em 4 de janeiro.

Barcellos destacou o currículo de ambos em entrevista coletiva nesta terça – Hermann é conselheiro do Inter há 32 anos e Bracks fez carreira no futebol de Minas Gerais, mais recentemente no América-MG, que está na semifinal da Copa do Brasil. 

Hermann prometeu ser o elo entre a direção e os profissionais do futebol que, na sua gestão, terão mais protagonismo. “Pretendo ser um vice-presidente muito discreto. Vou dar poucas entrevistas. O Paulo vem aí muito respaldado e bastante pesquisado no mercado de futebol”, afirmou Hermann, que descartou a contratação do ex-volante Guiñazú para trabalhar no futebol do Inter: “Não existe nada em relação a isso”, enfatizou.  

Quanto a Bracks, o futuro vice de futebol exaltou o próximo executivo: “Ele mostrou não só conhecimento técnico, como atualização do mercado da bola e, além de tudo, vontade de crescer”. 

Veja Também

Com a confirmação de Abel Braga até o fim da temporada, em 24 de fevereiro, Hermann evitou falar sobre o acerto com Miguel Angel Ramírez e respaldou o treinador. “Não vai mudar nada no vestiário do Inter até 24 de fevereiro. É o caminho mais tranquilo”, disse. “Temos um calendário até 24 de fevereiro e vamos cumprir isso com muita maestria.”

Segundo Hermann, a próxima gestão intensificará o investimento nas categorias de base. “A base é o nosso Celeiro de Ases. Temos um ativo importante. Teremos um atenção diária. Já temos reuniões de transição com a base”, disse. “É de lá que virá a nossa redenção.” 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895