Inter fecha parte do primeiro treino de Eduardo Coudet

Inter fecha parte do primeiro treino de Eduardo Coudet

Na parte aberta, Guerrero realizou corridas ao redor do gramado e D’Alessandro fez trabalhos internos

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Primeiro trabalho de Eduardo Coudet com os jogadores do Inter foi fechado para a imprensa


publicidade

* Com informações do repórter Bruno Ravazzolli

O primeiro treino sob o comando do técnico Eduardo Coudet no Inter foi semiaberto para a imprensa. Quando os jornalistas puderam acompanhar a atividade, Guerrero apareceu no gramado para realizar corridas e D’Alessandro foi a ausência.

Inicialmente, o grupo de jogadores fez um aquecimento em campo reduzido e depois exercícios físicos. Quando o treinador argentino se preparou para iniciar o primeiro trabalho com os jogadores, a assessoria de imprensa do clube pediu para os repórteres saírem do campo 1 do Centro de Treinamentos (CT) do Parque Gigante.

Guerrero passou pelas avaliações do clube e fará um período de trabalho especiais antes de ser integrado totalmente aos trabalhos com Coudet. Outro atleta que não ficou à disposição de Chacho, pelo menos na parte aberta, foi D’Alessandro. Após dois dias de atividades físicas intensas, ele realizou trabalhos internos.

William Pottker está recuperado da lesão que sofreu no empate em 2 a 2 com o Fortaleza, em novembro de 2019,  mas segue o retreinamento sob os cuidados de Élio Carravetta. Quando estiver preparado, será reintegrado ao elenco.

À tarde, o Inter realizará mais um treinamento. Desta vez, os profissionais dos veículos de comunicação não poderão acompanhar a atividade, que deve ser na sala de musculação.