Inter lança camisa para marcar os 15 anos da conquista do Mundial de Clubes
patrocinado por

Inter lança camisa para marcar os 15 anos da conquista do Mundial de Clubes

Inicialmente, o novo uniforme será vendido exclusivamente para os associados do clube

Correio do Povo

Camisa lançada pelo Inter e Adidas é comemorativa pelos 15 anos da conquista do Mundial de Clubes 2016

publicidade

O Inter e a Adidas lançaram nesta sexta-feira uma camisa branca para ser usada na temporada 2021/2022 para marcar os 15 anos da vitória sobre o Barcelona, em Yokohama, no Japão, e a conquista do Mundial de Clubes da Fifa em 2016. A camisa lembra o uniforme utilizado para vencer os espanhóis e levantar a mais importante taça da história do clube.

Na parte de trás do manto, um sign-off (aplicação), na nuca, traz o nome da cidade e do ano em que o Colorado conquistou o título: Yokohama/2006. A campanha de lançamento traz símbolos importantes na história colorada e resgatou “a voz do eterno capitão Fernandão - reconstruída tecnologicamente -, a taça levantada, a torcida e seu amor pelo Clube e a estrela, que representa a conquista máxima do Inter em seus 112 anos”, como diz o anúncio oficial.

“O material aproxima ainda mais a trajetória do time à paixão de quem o impulsionou até a vitória ao trazer também depoimentos de sócios torcedores. Dos que cruzaram o mundo e viram de perto a vitória aos que nasceram à época e cresceram orgulhosos do time do coração, o vídeo traz relatos dos colorados que viveram esse momento inesquecível à sua maneira, e que tiveram histórias de vida cruzadas com a conquista. O manifesto convida o torcedor a reviver os momentos marcantes e celebrar essa vitória que move a apaixonada nação colorada”, conclui o texto.

Na sexta-feira, no sábado e no domingo a venda será exclusiva para os sócios do clube nas lojas, apresentando a carteira de associado, ou na área de sócios do site oficial. Entre os dias 24 e 27, a venda será para a torcida em geral, mas apenas nas lojas físicas do Inter ou na internet.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895