Inter luta, mas cansa no fim e perde para Atlético-MG por 1 a 0

Inter luta, mas cansa no fim e perde para Atlético-MG por 1 a 0

Colorado desperdiçou a chance de entrar no G-6 na rodada

Arthur Ruschel

Inter perdeu para Galo no Mineirão

publicidade

No duelo contra o líder do campeonato, o Inter lutou bastante, mas saiu derrotado. Com um gol de Keno no segundo tempo, o Colorado perdeu para o Atlético-MG por 1 a 0 na noite deste sábado, no Mineirão. O resultado selou o fim da série de invencibilidade no Brasileirão, que já durava oito rodadas. O Inter perdeu a chance de roubar a posição do Corinthians, primeira equipe no G-6, que havia empatado com o Bragantino por 2 a 2 na rodada.

O Colorado estacionou na 7ª posição com 32 pontos, podendo perder posição para o Athletico-PR. O Atlético-MG é o líder isolado, com 49 pontos. Na próxima rodada, o Inter pega o Ceará, na quarta-feira, às 19h, no Castelão.

A partida

O primeiro tempo foi marcado pela intensa marcação das duas equipes. Ambas progrediram pelas laterais do campo – o Inter com Moisés e o Galo com Guilherme Arana. Principal arma dos donos da casa, Hulk passou apagado pela boa atuação do setor defensivo do Inter, principalmente pela segurança de Rodrigo Dourado e Rodrigo Lindoso. As chances mais claras apareceram mais para o final da primeira etapa.

Aos 34min, o ex-colorado Eduardo Sasha apareceu de surpresa por entre as linhas, carregou pelo lado esquerdo e obrigou Daniel a fechar o ângulo do atacante, que estava impedido. Também em posição irregular, Saravia, aos 40min, levou perigo à meta de Everson ao cabecear no canto inferior esquerdo, jogada defendida pelo goleiro. 

Veja Também

A chance mais perigosa veio nos acréscimos. A dupla Edenílson e Yuri Alberto finalmente apareceu. Em jogada trabalhada pelo lado esquerdo do Galo, o volante passou para o centroavante na entrada da grande área. Yuri bateu de chapa, forte no canto esquerdo de Everson. O goleiro calculou bem a trajetória e salva o Atlético com uma bonita defesa. Primeiro tempo zerado no Mineirão.

Keno brilha na segunda etapa

Aos 16 da etapa final, Cuca sacou Sasha e Jair para a entrada de Keno e Savarino. O Galo passava a levar perigo pelo lado direito do goleiro Daniel, com Keno, descansado, mostrando boa movimentação. A partir das substituições, o Atlético-MG foi mais perigoso. Não demorou muito para que o atacante abrisse o placar. Aos 33 da etapa complementar, Hulk passou por Rodrigo Dourado, chegou na linha de fundo e escorou para Keno definir o 1 a 0.

Com a proposta de lançar o time à frente. Aguirre, aos 36, desfez a dupla de volantes e colocou poder ofensivo. Dourado deixou o gramado para a entrada de Paolo Guerrero, mas a única substituição do colorado não surtiu efeito. O centroavante peruano só apareceu aos 42, com um cabeceio por cima da meta de Everson. No duelo tático, Cuca foi superior a Aguirre e Galo saiu vitorioso.

Na próxima rodada, o Inter pega o Ceará, na quarta-feira, às 19h, no Castelão.

Campeonato Brasileiro - 23° Rodada 

Inter 0

Daniel, Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta, Moisés, Rodrigo Dourado (Paolo Guerrero), Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, Taison, Yuri Alberto.

Atlético-MG 1

Everson, Mariano (Guga), Nathan Silva, Junior Alonso, Guilherme Arana, Jair (Keno), Allan, Zaracho (Borrero), Nacho Fernández (Tchê Tchê), Hulk, Eduardo Sasha (Savarino).

Gols: Keno (32min/2T°); 
Cartões amarelos: Victor Cuesta, Rodrigo Dourado (Inter), Junior Alonso e Guilherme Arana (Atlético-MG).
Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira
Data: 2 de outubro
Horário: 21h
Local: Mineirão, Belo Horizonte


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895