Inter monitora "com responsabilidade" até dois nomes para setor ofensivo
capa

Inter monitora "com responsabilidade" até dois nomes para setor ofensivo

Marcelo Medeiros voltou a elogiar o trabalho de Eduardo Coudet

Por
Correio do Povo

Inter procura um jogador que possa substituir Guerrero

publicidade

Preocupado em encontrar um jogador com condições de substituir Paolo Guerrero nas eventuais ausências do peruano, o Inter segue atento ao mercado de transferências. Nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, o presidente do clube, Marcelo Medeiros, confirmou que o clube procura alguns nomes com uma certa parcimônia, sem queimar etapas. 

"Olha, com toda a modéstia, eu acho que o melhor centroavante da América do Sul joga com a nove do Inter. Mas a gente está procurando sim, estamos monitorando alguns nomes, com responsabilidade, sem fazer loucuras, tudo para qualificar o grupo em uma ou duas posições", disse antes de não definir um prazo para o anúncio. "Se eu disser que seria nos próximos dias, eu estaria criando uma expectativa no nosso torcedor e, portanto, estaria sendo leviano. Estamos trabalhando com cautela", acrescentou.   

Medeiros voltou a elogiar o trabalho de Eduardo Coudet e disse acreditar que o grupo atual é o mais qualificado dos últimos anos. "Em termos de grupo, este ano estamos melhor. Até pela ascensão de jogadores da base, dos campeões da Copa São Paulo. O trabalho de crescimento vem desde as categorias, fizemos algumas contratações pontuais e, claro, esperamos participar de campeonatos de uma maneira melhor do que no ano passado", argumentou.  

Para o presidente colorado, o Inter já não está mais em trabalho de reconstrução. "Estamos vivendo um processo de amadurecimento do time. Quando voltamos da segunda divisão, já ficamos em terceiro no Campeonato Brasileiro e chegamos até 34ª rodada com chance de ser campeão. Fizemos até a final da Copa do Brasil do ano passado. Temos um treinador com reconhecimento internacional e vai nos ajudar a dar um salto na temporada. Ele vai dar este crescimento que a gente vem sentindo desde 2017. Esperamos continuar assim em 2020.