Inter não desiste de buscar Taison para os primeiros meses da temporada

Inter não desiste de buscar Taison para os primeiros meses da temporada

Negociações devem ser retomadas em breve. Jogador poderia defender o clube a partir de março

Fabrício Falkowski

Pelas regras da Fifa, a partir desta sexta-feira, o jogador já pode celebrar um pré-contrato com qualquer clube, inclusive o Inter

publicidade

Em sua primeira entrevista como vice-presidente de futebol, João Patrício Herrmann fez questão de praticamente descartar a contratação de Taison no primeiro semestre. Admitiu o interesse do clube, mas disse que o jogador cumpriria o final do seu contrato com o Shakhtar Donetsk, permanecendo na Ucrânia até junho. Porém, a fala do dirigente é apenas estratégica. Na realidade, embora reconheça as dificuldades envolvidas em uma contratação deste tamanho, o Inter não desistiu de contar com o atacante já nos primeiros meses da temporada. 

Novas rodadas de negociações devem ser abertas em breve. Um primeiro encontro entre Herrmann, o presidente eleito Alessandro Barcellos e os representantes de Taison aconteceu em dezembro. A informação repassada aos colorados foi que o Shakhtar Donetsk não cogita liberá-lo antes do fim do seu vínculo. Além disso,  sequer apresentou alguma condição financeira para rescisão antecipada.

“O Taison é um atleta importante do mercado mundial, mas tem contrato até o meio do ano que vem. A princípio, ele vai cumprir esse contrato. A gente teve uma conversa muito boa, na qual conhecemos os desejos e as pretensões do atleta. Foi só isso. Nada evoluiu”, afirmou Herrmann, no início da semana. 

A esperança dos dirigentes é que o próprio jogador consiga a sua liberação em negociações diretas com o clube ucraniano. Ou que o Shakhtar imponha um valor possível de ser pago pelo Inter, que atravessa uma grave crise financeira. O atacante de 32 anos nunca escondeu o desejo de voltar ao Beira-Rio, onde iniciou a carreira, e já disse várias vezes que vai realizar essa vontade em 2021.

De qualquer forma, a janela de transferências internacionais para o Brasil só abre em março. Portanto, mesmo que Taison possa voltar ao Brasil antes, ele só poderá reestrear com a camiseta colorada na temporada 2021. Outro detalhe é que, pelas regras da Fifa, a partir desta sexta-feira, o jogador já pode celebrar um pré-contrato com qualquer clube, inclusive o Inter.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895