Inter realiza novos testes para detectar a Covid-19

Inter realiza novos testes para detectar a Covid-19

Método utilizado será o RT-PCR, que é mais preciso do que o realizado com sangue

Correio do Povo

No teste RT-PCR, o material que será analisado é coletado do nariz ou da garganta e é mais preciso do que o de sangue

publicidade

O Inter não treinará nesta segunda-feira, pois o dia foi reservado para uma nova bateria de testes para detectar a Covid-19, a quarta desde o primeiro treino realizado após a paralisação do futebol no dia 5 de maio. O método utilizado será o RT-PCR, que segundo a nota do clube, está “previsto nos protocolos de retorno das competições”, segundo o informativo.

O exame deste tipo é considerado “padrão-ouro” de diagnóstico. O material é coletado do nariz ou da garganta do paciente e consegue identificar a presença do RNA do vírus, sendo mais preciso que o sorológico, que é feito com sangue e um resultado negativo não exclui a possibilidade da presença da doença. Neste tipo de exame, se o resultado for positivo, o médico que assiste ao paciente pode solicitar exames complementares para ter certeza do diagnóstico.

“A iniciativa busca aumentar o grau de controle e fortalecer os protocolos do Clube, visando preservar a saúde dos profissionais”, revela a nota.

Participam dos testes os jogadores, comissão técnica e colaboradores que trabalham na rotina de atividades do CT Parque Gigante. A frequência da realização dos exames aumentou, já que o primeiro foi realizado no dia 8 de maio, o segundo no dia 5 de junho e o terceiro no dia 24.

O Inter volta aos treinamentos na terça-feira pela manhã. Ainda não há data oficial marcada para a retomada das competições.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895