Inter recebe o América-MG pela Copa do Brasil na estreia de Abel Braga

Inter recebe o América-MG pela Copa do Brasil na estreia de Abel Braga

Novo comandante começará sua sétima passagem pelo Colorado nesta noite, às 21h30min, no estádio Beira-Rio, pela partida de ida das quartas de final

Fabrício Falkowski

Técnico chegou na terça-feira ao Beira-Rio

publicidade

Abel Braga teve um dia cheio. Acordou cedo no Rio de Janeiro e foi ao aeroporto, de onde pegou o primeiro avião rumo a Porto Alegre. Desembarcou perto do meio-dia no Salgado Filho, onde ganhou uma “recepção maravilhosa”, segundo palavras dele, por parte de alguns torcedores, e foi direto para o CT Parque Gigante, onde conversou com os dirigentes colorados e traçou planos para os próximos quatro meses. Encontrou D’Alessandro e outros jogadores com quem já trabalhou, projetou o próximo adversário colorado, concedeu entrevista virtual e foi para o campo orientar o time por alguns minutos, os únicos antes de sua reestreia. Nesta quarta-feira, ele estará de volta à casamata do Beira-Rio, inaugurando, contra o América-MG, às 19h, pelas quartas de final da Copa do Brasil, a sua sétima passagem pelo clube. 

- Internacional x América-MG: Acompanhe minuto a minuto

Como o próprio Abel afirmou nesta terça-feira, ele não terá tempo para mexer no time. Nem pretende fazer isso. Ele elogiou o trabalho conduzido por Eduardo Coudet, que trocou o Inter pelo Celta de Vigo, da Espanha, após o empate por 2 a 2 com o Coritiba, domingo, e disse que vai manter a base da equipe. “Nem preciso falar nada sobre a equipe do Inter. Está bem em três competições. O trabalho foi muito bom, e não vou fazer julgamento sobre a saída (de Coudet). Vamos aproveitar tudo aquilo que foi feito, pois não vou ter tempo para treinar. Vou conversar com os jogadores e fazer algumas pequenas mudanças, mas nada radical”, enfatizou. 

Abel, diferentemente do seu antecessor, fez elogios ao grupo colorado. Disse que há um número suficiente de jogadores, além de uma “garotada legal” à disposição. Como não terá tempo para treinar, nem agora nem em um futuro próximo, vai orientar o time de outra forma. “Vou ter que conversar. Mais do que nunca, os jogadores têm que ter leitura do que ocorre no campo. Tem que entender o jogo e aonde o técnico quer chegar. As mudanças são constantes, inclusive dentro de uma mesma partida, e os jogadores têm que estar preparados. Têm que se adaptar rápido, pois não há tempo para treinar”, resumiu.

O técnico que desembarca agora no Beira-Rio é certamente diferente das passagens anteriores. Abel versão 2020 tem experiência e grandes amigos no Inter, mas seu desafio será provar que mantém a ambição, a força e a motivação para seguir buscando títulos. “Já pensou se eu ganho as três competições (Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores da América)? Tenho uma sintonia forte com o torcedor do Inter. O que vier para nós, vai ser muito bom. Está na hora, pois o clube é muito grande. Não vamos abdicar de nada. Vamos disputar tudo”, segue.

Abel Braga, que tem 322 jogos no comando do Inter e está muito próximo de ultrapassar Teté, o técnico que mais trabalhou no clube, assinou contrato até o final de fevereiro. Ele vem escudado por Leomir, seu auxiliar. Se fizer um bom trabalho, conquistando títulos, poderá prorrogar o vínculo. Porém, tudo dependerá de quem será o próximo presidente do Inter. A eleição, que terá o primeiro turno no dia 25 de novembro, conta com quatro candidatos.

Copa do Brasil - Quartas de final - Ida

Inter

Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Patrick e Marcos Guilherme (D'Alessandro); Thiago Galhardo e Abel Hernández. Técnico: Abel Braga

América-MG

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane; Felipe Azevedo, Ademir e Rodolfo. Técnico: Lisca

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 10/11, às 21h30min

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895