Inter se aproxima de acordo com atletas para conter prejuízos da Covid-19

Inter se aproxima de acordo com atletas para conter prejuízos da Covid-19

Clube não irá divulgar o percentual de redução salarial de seus jogadores

Fabricio Falkowski

Inter concluiu que a paralisação do futebol acarretar numa redução de cerca de R$ 100 milhões nas receitas do clube até o final do ano

publicidade

Todos os setores do Inter precisam reduzir suas despesas para tentar fazer frente à queda das receitas que virá junto com a pandemia do coronavírus e a paralisação das competições. É claro que o departamento de futebol não escapou dos cortes. É tarefa do vice-presidente Alessandro Barcellos, que comanda a área, buscar um acordo para a redução do salário dos jogadores. Porém, já está definido que o percentual de desconto não será divulgado.

“Temos uma relação de confiança com os jogadores. Eles sabem que a gente cumpre os acordos e também têm consciência do momento que todos vivemos. Não haverá dificuldade para haver o acordo”, afirmou o presidente Marcelo Medeiros, durante a semana. O dirigente segue: “Por uma questão de respeito a todos os envolvidos, não vamos divulgar o teor do acordo nem o percentual de redução. Se os jogadores, depois, quiserem revelar, eles poderão fazer isso. Mas o clube não fará”.

Barcellos também está otimista. Citando os mesmos argumentos de Medeiros, o vice de futebol confirma que na próxima semana está agendado um encontro, que deve ser virtual, com as principais lideranças do grupo. “Vamos conversar. O canal de diálogo está permanentemente aberto entre nós”, confirmou ele, na sexta-feira à tarde. 

O Inter, depois de dois dias de reuniões, concluiu que a paralisação do futebol devido ao coronavírus poderá acarretar numa redução de cerca de R$ 100 milhões nas receitas do clube até o final do ano se as competições não voltarem em um período de até 90 dias. Para compensar, todos os setores do clube devem buscar redução proporcional em suas áreas.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895