Inter segue tratando de saídas de jogadores

Inter segue tratando de saídas de jogadores

Clube se desfez de duas dezenas de jogares em poucas semanas

Fabrício Falkowski

Rafael Sobis, com grandes passagens pelo clube, não teve o contrato renovado

publicidade

Entre as últimas semanas de 2019 e os primeiros dias de 2020, o Inter se desfez de duas dezenas de jogadores. Há ilustres atletas, com grandes passagens pelo próprio clube, como Rafael Sobis, cujo contrato não foi renovado, e alguns desconhecidos, como o volante Ramon, que estava emprestado ao Vila Nova e foi repassado para o Bahia sem voltar ao Beira-Rio. 

Até 31 de dezembro, o clube arrecadou R$ 104 milhões, incluindo a negociação de Nico López para o Tigres, que rendeu R$ 38 milhões, 100% para o Inter (não houve sequer pagamento de comissão a empresários, já que o negócio foi feito direto de clube para clube). As saídas continuaram em 2020, com as negociações de Charles e Klaus para o Ceará e o empréstimo de Pedro Lucas para o Figueirense. 

Um outro negócio está sendo alinhavado: a venda dos 50% que o Inter ainda tem de Eduardo Sasha. O atacante foi para o Santos em troca de Zeca em abril de 2018 após uma negociação que dividiu os direitos dos dois jogadores. O negócio gira ao redor dos 2 milhões de euros, que seriam pagos de forma parcelada pelo clube paulista.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895