João Patrício Herrmann garante Ramírez, mas lamenta goleada no Inter: "Estamos envergonhados"

João Patrício Herrmann garante Ramírez, mas lamenta goleada no Inter: "Estamos envergonhados"

Vice de futebol afirmou que treinador tem respaldo da diretoria para sequência do trabalho

Correio do Povo

Dirigente apontou mudança em alguns conceitos

publicidade

O vice de futebol do Inter, João Patrício Herrmann, garantiu a manutenção do trabalho do técnico Miguel Ángel Ramírez mesmo após a goleada sofrida no Castelão. Na tarde deste domingo, a equipe deu vexame e perdeu por 5 a 1 para o Fortaleza.

Hermann classificou a derrota como a "maior vergonha" que já passou como dirigente do clube, e pediu desculpas à torcida. E reafirmou o respaldo à comissão técnica do Inter. "Ele tem trabalhado diuturnamente para encontrar soluções, técnicas e táticas. Não vai haver ruptura. É uma decisão já colocada pela diretoria. Confiamos no trabalho", resumiu.

O treinador citou um problema de planejamento, mas não entrou em detalhes, e evitou responder sobre os jogadores preservados diante do Fortaleza. E pediu foco na partida diante do Vitória, na Copa do Brasil.

Agora, o Inter se prepara para o jogo de volta na competição. Na quinta-feira, joga por um empate diante do Vitória, no Beira-Rio, às 21h30min, para avançar às oitavas. Pelo Brasileirão, volta a campo no domingo, quando enfrenta o Bahia, às 18h15min, no Pituaçu, pela terceira rodada da competição. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895