Lomba: jogadores aguardam protocolos da CBF para avaliar volta do futebol

Lomba: jogadores aguardam protocolos da CBF para avaliar volta do futebol

Goleiro do Inter reconheceu que momento é focar “dia após dia” em treinos e não nos jogos

Correio do Povo

Marcelo Lomba concedeu uma entrevista coletiva virtual nesta quinta-feira

publicidade

Mesmo com o grupo do Inter treinando há um mês, o goleiro Marcelo Lomba reconheceu que ainda é cedo para se falar sobre retorno sobre futebol. Além disso, é preciso aguardar como se dará a volta das partidas no período pós-Covid-19. O jogador concedeu uma entrevista coletiva virtual nesta quinta-feira. 

As condições sobre a volta é tema entre os jogadores, e não só no grupo colorado. “Todo mundo está com muita cautela e esperando um posicionamento da CBF e das autoridades de saúde”, afirmou. “O que a gente tem de realidade agora é a volta dos treinamentos e uma prévia para o Campeonato Gaúcho. Sem público e com um protocolo a ser seguido”, acrescentou. “Queremos jogar com segurança.”

Sem partidas no horizonte, o que resta são os treinamentos. Mas tudo bem: “Não temos pensados no jogo em si e sim em trabalhar com calma e tranquilidade, buscando a nossa melhor capacidade”, garantiu Lomba. 

“Hoje a gente tem pensado dia após dia: crescer fisicamente, recuperar essa forma”, contou. “A gente fica feliz de estar sendo reconhecido pelo trabalho que foi feito no começo do ano. Agora é retomar a intensidade e a parte tática, passo a passo.” E mesmo com as limitações do treinamento em grupo, o goleiro disse que percebe evolução entre os companheiros. “No dia que o futebol voltar vamos estar pelo menos próximo (à forma do início do ano).”

No entanto, ele prevê um retorno diferente, não apenas pelas condições sanitárias, o que exigirá condições físicas: “Nunca ficamos tanto tempo sem jogar bola. Nas férias a gente fica 30 dias. Agora é um tempo maior”, apontou. “Vamos tentar minimizar com trabalho”, prometeu ele, que exaltou os profissionais que o auxiliam no clube: “Está sendo feito um trabalho preventivo para primeiro ganhar a parte física. Acredito que estamos bem monitorados”.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895