Melo vê "Inter empurrando no fim" e crê na reversão
capa

Melo vê "Inter empurrando no fim" e crê na reversão

Dirigente não viu excesso de zelo defensivo e acredita que empate teria sido justo

Por
Correio do Povo

Melo viu equilíbrio com mais chances coloradas

publicidade

A derrota por 1 a 0 mantém o Inter vivo na briga pelo título, mas ao mesmo tempo não foi justo pelo desempenho de campo. Esta foi a avaliação do vice-presidente Roberto Melo, após a partida de ida da decisão da Copa do Brasil nesta quarta-feira. "O jogo terminou com o Inter empurrando o Athletico no seu campo", analisou.

"Finalizamos mais que o Athletico-PR, um clube que pressiona muito aqui. O resultado não foi justo e merecíamos pelo menos um empate, principalmente no segundo tempo", reforçou o dirigente. "Tivemos chances de empatar e, quem sabe, depois virar."

Melo avaliou que o Furacão protegeu o resultado no segundo tempo. "Vimos o adversário feliz com o resultado de 1 a 0 no fim, sentindo que o resultado fugia do controle", ponderou.

Por toda a confiança na força do Beira-Rio, Melo foi questionado sobre uma possível soberba. "A gente perdeu o jogo e sabemos que será difícil, mas do lado do nosso torcedor é algo que temos toda chance de reverter e vamos reverter", enfatizou. "Não tem soberba nem resignação no vestiário. Estão todos indignados com a derrota, pois sabemos que não merecíamos ter perdido. Como dirigente, não posso achar que não vou conseguir reverter. Sabemos da dificuldade que vai ser contra um time muito bem treinado, mas tenho confiança de que vamos conseguir."