Musto sente problema físico e deixa o treino do Inter mais cedo

Musto sente problema físico e deixa o treino do Inter mais cedo

Na parte aberta, Coudet novamente trabalhou passes rápidos, pressão na bola e em espaço reduzido

Correio do Povo e Rádio Guaíba

Musto sentiu um problema físico, foi atendido e depois foi para o vestiário com o médico Guilherme Caputo

publicidade

* Com informações do repórter Bruno Ravazzolli

O volante Musto sentiu um problema físico na parte aberta do trabalho do Inter na manhã desta segunda-feira, foi atendido, tentou voltar, mas acabou deixando a área de treinamento acompanhado do médico Guilherme Caputo. A assessoria de imprensa do Inter ainda não se pronunciou sobre o ocorrido. Posteriomente, em coletiva, Nonato revelou que crê que foi apenas uma pancada e que o problema não é grave. 

O treino começou com um aquecimento, onde os jogadores tinham que trocar passes com alta movimentação. Na sequência, Coudet dividiu dois times de 13 jogadores para confrontos em campo reduzido, sem goleiras. Cada jogador podia dar no máximo dois toques na bola e a equipe que tinha a posse precisava trocar 10 passes consecutivos. Se conseguisse, os marcadores “pagavam apoios”. Caso conseguissem roubar, afastar ou interceptar a bola, passavam a tentar dominar a esférica. 

Na última atividade aberta para a imprensa, o grupo foi dividido em três equipes. Duas se enfrentavam e a terceira esperava. Dois coringas auxiliavam o time que tinha a bola. Foi nesta parte do treino que a reportagem viu Musto saindo do gramado para ser atendido. 

Na sequência, Coudet fechou o treino para trabalhar a parte tática do Inter. Ainda não foi definido se o time titular irá a Caxias do Sul, na quinta-feira, às 21h30min, enfrentar o Juventude, na primeira rodada do Campeonato Gaúcho.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895