Odair destaca "fator mental" na vitória do Inter sobre a Chapecoense
capa

Odair destaca "fator mental" na vitória do Inter sobre a Chapecoense

Técnico negou falta de raça e elogiou postura da equipe no primeiro jogo após o vice da Copa do Brasil

Por
Correio do Povo

Técnico Odair Hellmann relembrou derrota para o Athletico-PR, mas citou capacidade de reação da equipe após perda do título

publicidade

O técnico Odair Hellmann voltou a afirmar que a equipe ainda sente a derrota para o Athletico-PR na final da Copa do Brasil. No entanto, ressaltou o poder de reação e o fator mental na vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense, em jogo válido pela 20ª rodada do Brasileirão, na manhã deste domingo.

De acordo com o técnico, a equipe sentiu a parte mental e psicológica, e frisou que o mais importante após o revés era vencer a partida. “Perdemos um título na quarta-feira. Ainda assim, você tem que voltar a competir com todas as forças. A equipe, como um todo, foi guerreira desde o início hoje”, pontuou.

Antes e durante o jogo, houve vaias. No anúncio da escalação no sistema de som, Odair mesmo chegou a ser vaiado. Ainda assim, agradeceu a presença do torcedor, que compareceu em bom número, quase 25 mil pessoas, quatro dias após a perda do título. “Só tenho que agradecer ao torcedor. Alguns setores pediram mais raça, mas isso nunca faltou. Posso ter errado, alguns jogadores se apresentarem abaixo tecnicamente, mas esse time sempre foi guerreiro”, afirmou. “Mas respeito essas manifestações.”

Ainda sem contar com D'Alessandro, Odair elogiou Neílton, que entrou no segundo tempo, para tentar criar mais na etapa final. “Ele já havia dado boa resposta contra o Atlético (Mineiro, no Brasileirão). Buscamos a variação com ele. Vamos seguir tentando encontrar as situações, sempre dentro do respeito profissional, sabendo da importância do grupo”, destacou.

“Quem quis jogar, teve dificuldade”

O técnico colorado também reclamou da cera técnica feita pela Chapecoense, e pediu critério para evitar o benefício ao infrator na hora dos acréscimos. O árbitro assinalou 6 minutos logo após o gol do Inter, já no fim da partida. “É uma questão de bom senso. Quem quis jogar, teve dificuldade. A equipe vinha de uma derrota difícil, e mentalmente isso atrapalha", criticou.

Odair aproveitou para projetar o duelo do meio de semana, contra o Flamengo. Na avaliação do treinador, que assistiu a vitória dos cariocas fora de casa sobre o Cruzeiro, será uma partida muito complicada, pelas dificuldades criadas a todas as equipes diante do líder do campeonato. “Cabe a nós, com a nossa marcação e nossos conceitos, criar dificuldades para eles e criar situação para tentar buscar os três pontos. Vamos buscar a vitória”, assegurou.

O confronto contra o Flamengo, no Maracanã, será às 21h30min de quarta-feira. O jogo vale pela 21ª rodada do Brasileirão.