Odair evita falar de arbitragem e revela dores sentidas por Nonato há 3 meses
capa

Odair evita falar de arbitragem e revela dores sentidas por Nonato há 3 meses

Técnico disse que jogador não tem conseguido treinar bem e optou pela saída do atleta nos dois últimos jogos por conta de lesão no púbis

Por
Correio do Povo

Nonato foi substituído por conta de dores no púbis pelo segundo jogo seguido

publicidade

Mesmo após a polêmica com a arbitragem, o técnico Odair Hellmann evitou comentar o tema em entrevista coletiva após o empate contra o Cruzeiro em 1 a 1, na noite deste sábado, no Mineirão. O gol dos mineiros ocorreu em um lance polêmico: o árbitro assinalou pênalti de Patrick em Orejuela, após consulta ao VAR. Os colorados reclamaram muito da marcação, considerando que não houve a infração. 

O técnico Odair Hellmann, ainda no início da sua fala, disse que não iria comentar sobre a arbitragem. Revelou, também, as dores sentidas pelo volante Nonato há 3 meses, justificando a opção por tirar o jogador nos dois últimos jogos. Conforme a assessoria do Inter, a lesão é no púbis. "Se tornou um jogador importante. Estamos administrando um problema físico. Não está conseguindo treinar normalmente, e não consegue resistir com intensidade", explicou. 

O técnico elogiou o zagueiro Bruno Fuchs, que vem ganhando espaço por conta da lesão de Rodrigo Moledo. Citou a capacidade técnica elevada, e disse tratar-se de um zagueiro que "constrói o jogo" vindo de trás. "É um jogador de velocidade, estava no processo de base quando subiu. Continua com a qualidade técnica, mas melhorou na intensidade. Está maduro e preparado para os jogos que vem fazendo", frisou.

Na avaliação de Odair, o Inter mereceu a vitória, mas errou ao deixar de fazer o 2 a 0. Disse que o Cruzeiro construiu seu gol em um dos poucos ataques que teve. "Se tivesse que ter um vencedor, teria que ser nós. Fizemos um excelente jogo em todos os aspectos", comentou o treinador. 

De acordo com ele, a postura do time foi satisfatória fora de casa. Segundo Odair, o time precisa continuar se comportando assim, para buscar os pontos longe do Beira-Rio. "Isso faz a diferença nesse nível de competição", frisou. 

Agora, o Inter volta a campo de novo fora de casa. O próximo jogo do Inter é na quarta-feira, às 19h15min, contra o CSA, no Estádio Rei Pelé, em jogo válido pela 24ª rodada do Brasileirão.