Odair exalta "grande jogo contra principal elenco do Brasil"
capa

Odair exalta "grande jogo contra principal elenco do Brasil"

Técnico cobra responsabilidade de arbitragem para não estragar com bom trabalho de algum time

Por
Correio do Povo

Colorado teve que superar gol anulado para avançar

publicidade

O Inter teve uma daquelas famosas vitórias com "dedo do técnico". Odair Hellmann celebrou, nesta quarta-feira, eliminar o Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil e, ao mesmo tempo, comprovar o planejamento de sua comissão técnica. "Preciso reconhecer o grande jogo do grupo de jogadores, contra o principal elenco do futebol brasileiro", exaltou.

Em seguida, o comandante colorado agradeceu o apoio dos torcedores, mesmo os que cobram mudanças no time. "Essa parceria de torcida e clube eu falei que ia fazer a diferença aqui. Obrigado a todos que compareceram e nos incentivaram", destacou.

Odair reforçou, depois, a importância das escolhas e do planejamento recente do Colorado. "Não é fácil. Para conseguir um fato desses, precisa estar muito fortalecido", ponderou. "Precisa do planejamento, pois se não tira algum jogador e bota outro,  e coloca todos a correrem como hoje, não iam aguentar essa intensidade", explicou. "A gente pensa com todos os departamentos para colocar sempre o jogador em mais perfeitas condições."

O técnico do Inter também cobrou sobre a arbitragem de Rafael Traci. "Esse é o árbitro que deu um pênalti para o Vitória que não foi. Hoje, anulou um gol aos 48 minutos, expulsou o D'Alessandro", citou Odair. "Ele escorrega e se assusta, depois tira o jogador dos pênaltis. Se tivesse perdido, a carga viria em cima dos jogadores, do treinador e da direção. Podia acabar com um trabalho muito bem feito. Isso não pode acontecer nem para o Inter nem para o Palmeiras."