Perto do 100° jogo no Inter, Lomba prega "colocar coração nessa final"
capa

Perto do 100° jogo no Inter, Lomba prega "colocar coração nessa final"

Goleiro evitou falar sobre o gramado sintético, e disse que maior adversário é o jogo coletivo do Athletico-PR

Por
Correio do Povo

Goleiro Marcelo Lomba falou da expectativa do elenco para a decisão da Copa do Brasil

publicidade

Após o último treino antes da final da Copa do Brasil, o goleiro Marcelo Lomba concedeu entrevista coletiva na Arena da Baixada, às vésperas da decisão contra o Athletico-PR. Às vésperas de completar 100 jogos com a camisa do Inter, justo na final da competição nacional, Lomba falou sobre o momento histórico vivido pelo clube.

O goleiro classificou o momento como "muito importante" e frisou a felicidade do grupo em estar vivendo a decisão, mas ao mesmo tempo citou que o elenco tem ciência da grande responsabilidade, e disse que todos estão concentrados e focados na final. "Creio que o nosso torcedor está muito feliz. Vamos colocar o coração nessa final", destacou.

Lomba não poupou elogios ao adversário na decisão. Disse que trata-se de uma equipe que joga com a mesma característica desde o ano passado, e ressaltou o poder ofensivo do Athletico, além de destacar o trabalho feito por Thiago Nunes, considerado "bastante capacitado", na avaliação do goleiro. "Não vamos abrir mão do nosso jogo, agressivo e de marcação alta", avisou.

Questionado repetidas vezes a respeito do gramado sintético, Lomba evitou as perguntas. Admitiu que é "um pouco diferente", mas minimizou os possíveis problemas, já que o Inter atuou muitas vezes na Arena da Baixada, e voltou a dizer que o grande rival é o Athletico-PR. "Precisamos neutralizar os grandes jogadores e a equipe bem montada. Saímos um pouco da questão do gramado e focamos na nossa estratégia", pediu.

Lomba frisou, ainda, que o grupo está muito tranquilo, sem ansiedade. De acordo com ele, experiência e maturidade não representam "colocar algo a mais", mas sim manter a situação dentro da normalidade. "Vamos fazer o que a gente sempre faz. Aquecer da mesma forma, manter o vestiário forte da mesma forma. O que nos trouze até aqui foi uma construção", ponderou.

A primeira partida da decisão da Copa do Brasil acontece nesta quarta-feira, às 21h30min, na Arena da Baixada. O segundo confronto está marcado para a próxima quarta, 18 de setembro, no mesmo horário, no Estádio Beira-Rio.