Prefeitura de Alvorada fala em nova contrapartida para liberar partida do Inter

Prefeitura de Alvorada fala em nova contrapartida para liberar partida do Inter

No jogo anterior contra o Aimoré, Colorado doou 500 testes da Covid-19 ao município

Por
Correio do Povo

Gramado agradou equipe do Inter


publicidade

Ainda buscando a liberação do estádio Beira-Rio, o Inter tem o CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, como o seu plano B para a disputa da semifinal do returno do Gauchão contra o Esportivo, caso a prefeitura de Porto Alegre mantenha a restrição aos jogos na cidade.  

O prefeito em exercício de Alvorada, Valter Slayfer, afirmou nesta quinta-feira que “não vê problema nenhum em receber o jogo”, mas quer conversar com a diretoria do Inter para acertar algumas questões sobre a partida. 

“Precisamos acertar custos com a direção. Temos o custo da Guarda Municipal, por exemplo (...) os custos seriam de hora-extra com a Guarda Municipal e também com os funcionários que estarão trabalhando na partida. Eu não vejo problema do Inter mandar o jogo aqui em Alvorada e o Inter ceder uma contrapartida”, relatou em entrevista à Rádio Guaíba nesta quinta-feira. 


Na última quarta-feira, antes da partida em Alvorada contra o Aimoré, o Inter doou 500 testes para a cidade