“Raça e vontade nunca faltaram”, afirma Guerrero
capa

“Raça e vontade nunca faltaram”, afirma Guerrero

Jogadores do Inter exaltaram vitória logo após frustração com o vice da Copa do Brasil

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Guerrero garantiu entrega do grupo do Inter

publicidade

Apesar da vitória sobre a Chapecoense neste domingo, que manteve o Inter no G4 do Brasileirão, o assunto no Beira-Rio ainda era o revés na Copa do Brasil, na quarta-feira anterior. Uma das esperanças para o título que não veio, o atacante Paolo Guerrero saiu em defesa do grupo: “Uma mensagem para o nosso torcedor: raça e vontade nunca faltam”, garantiu.

“A gente dá tudo. Apesar de no jogo, quarta-feira foi duríssimo. Não jogamos bem, está claro”, reconheceu o peruano, na saída do gramado, já no início da tarde deste domingo. 

O lateral Uendel exaltou os três pontos conquistados neste momento: “Temos que pensar grande. A vitória de hoje fundamental para a gente estar no bolo”, analisou ele, que também reconheceu a dor da derrota de quarta:  “Daqui 20 anos vamos estar lamentando esse título. Foi um baque muito grande pra nós. Para aliviar isso só conquistando as vitórias, e hoje era fundamental”, disse. “Temos que continuar vencendo e jogando bem, para mirar esse Brasileiro.”