Ramírez garante a continuidade de Zé Gabriel entre os titulares

Ramírez garante a continuidade de Zé Gabriel entre os titulares

Treinador revelou que não tem usado Caio Vidal no time principal, pois não se encaixa nos planos de jogos dos últimos compromissos

Correio do Povo

Ramírez garante a continuidade de Zé Gabriel entre os titulares: "vejo como todos treinam"

publicidade

O zagueiro Zé Gabriel cometeu alguns erros nos últimos jogos e passou a ser foco das críticas de parte da torcida do Inter e da imprensa. Apesar do momento de instabilidade, Miguel Ángel Ramírez garante que o defensor seguirá entre os titulares. Ele considera injustas as críticas que o defensor vem sofrendo. Na derrota por 2 a 1, no Gre-Nal, ele e Custa se chocaram no gol de empate marcado por Diego Souza, o que gerou mais reclamações sobre a sua titularidade.

“Esse juízo é errôneo e injusto. Ele erra como qualquer companheiro. Como eu erro. Não é ele quem acumula mais erros. É injusto. Analisamos os jogos e buscamos corrigir. Digo que vendo novamente o jogo, o rendimento está sendo positivo”, analisou. “Tenho informações do dia a dia. Vejo nos treinamentos e a capacidade de execução do que estamos pedindo. No momento, quem está desempenhando melhor tudo isso é o Zé Gabriel, por isso, joga. Eu vejo todos os dias ele e os companheiros que não estão jogando. Sei as razões porque ele joga e outros não jogam”, declarou.

A situação dos zagueiros do Inter faz com que a direção busque no mercado peças para aumentar a experiência no grupo. O Colorado observa situação do zagueiro uruguaio Martín Cáceres, de 34 anos, que atua na Fiorentina. O defensor tem contrato até 30 de junho com o clube italiano.

E Caio 

O treinador do Inter também foi questionado após mais uma derrota em Gre-Nal os motivos de não ter utilizado como titular Caio Vidal, que entrou nos últimos jogos e teve bons rendimentos.

“O perfil do Caio é de (atuar) em espaços. Em espaços grandes. Ano passado, vimos uma boa versão dele, pelas características de jogo coletivo do Inter. Ele tinha muito espaço para avançar, depois de recuperar a bola. Caio é bom nisso. Na nossa forma de jogar, temos menos espaço no campo ofensivo, pois nos posicionam e os adversários se fecham”, ressaltou.

“Ás vezes, não vamos escalar os 11 melhores. Para escalar, escolhemos jogadores pelo perfil. Dentro disso, também as relações... Este ponta com esse lateral. Esse ponta com esse centroavante. A partir do plano de jogo tenho que escolher as peças que possam executá-lo. Não que o Caio esteja jogando mal, mas é pelo plano de jogo e pelas peças que necessitamos”, concluiu.

O Inter volta aos treinos a partir das 11h no Centro de Treinamentos do Parque Gigante. O próximo compromisso é contra o Olímpia, na quinta-feira, às 21h, no estádio Manuel Ferreira, em Assunção, pela quinta rodada da Libertadores.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895