Ramírez lamenta chances perdidas do Inter: "Há dias em que a bola não entra"

Ramírez lamenta chances perdidas do Inter: "Há dias em que a bola não entra"

Treinador comemorou primeiro lugar do grupo na Libertadores: "fizemos o que tínhamos que fazer"

Correio do Povo

Ramírez lamentou chances de gol perdidas pelo Inter

publicidade

O técnico Miguel Ángel Ramírez lamentou as chances perdidas pelo Inter diante do Always Ready. O colorado foi melhor e criou diversas chances de marcar, com mais volume de jogo. No entanto, ficou no 0 a 0 diante do rival, pela sexta rodada da Libertadores

O treinador lembrou goleadas em casa em jogos anteriores pela Libertadores, sobre Olimpia e Táchira. No entanto, destacou que "há dias em que a bola não entra". "Criamos as mesmas chances, ou mais . Tivemos muitas oportunidades, mas hoje não foi o nosso dia. Não entrou", resumiu.

Mesmo com o resultado frustrante na noite desta quarta-feira, o empate em 0 a 0 garantiu a liderança no grupo B da Libertadores. Na avaliação de Ramírez, o Inter cumpriu o objetivo. "Fizemos o que tínhamos que fazer, que era classificar em primeiro. Algumas coisas vão mudar, mas a primeira missão está cumprida", avaliou.

Apesar disso, Ramirez afirmou que viu uma "evolução muito grande" no sistema de jogo do Inter. E afirmou que há um "claro sinal de entendimento" por parte dos jogadores, daquilo que está sendo proposto.

Agora, o Inter aguarda o sorteio, na terça-feira, para conhecer seu adversário nas oitavas de final da Libertadores. No domingo, estreia pelo Brasileirão diante do Sport, no Beira-Rio, às 20h30min.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895