Torcedores do Inter são presos após fazerem protesto no CT Parque Gigante

Torcedores do Inter são presos após fazerem protesto no CT Parque Gigante

Sem máscaras, grupo tentou invadir o local do treino e lançou fogos de artifício contra o gramado

Correio do Povo e Rádio Guaíba

BM prendeu torcedores que tentaram invadir o treino do Inter na manhã desta sexta-feira no CT do Parque Gigante

A Brigada Militar prendeu três e deteve aproximadamente 20 torcedores do Inter que realizaram protesto hoje na frente do Centro de Treinamentos do Parque Gigante, em Porto Alegre. Segundo o comandante do 1º Batalhão de Choque da Brigada Militar, tenente-coronel Cláudio dos Santos Feoli, eles tentaram invadir o local onde a equipe do técnico Eduardo Coudet realizava o último treino antes da viagem para Curitiba. Os torcedores lançaram fogos de artifício em direção ao gramado. 

“O batalhão fez a abordagem de 20 dos indivíduos e prendeu três pela contravenção penal de perturbação do trabalho. Além disso, apreendemos fogos de artifício. Está sendo lavrado termo circunstanciado dos três presos. Os demais foram abordados e identificados e irão responder um procedimento em razão da não obediência a medida sanitária protetiva, pois não usavam máscara e faziam aglomerações”, afirmou Feoli em entrevista à Rádio Guaíba.

A movimentação na região do CT iniciou por volta das 8h e passou a ser acompanhada pela Brigada Militar. Duas horas depois, cerca de 40 pessoas estavam no local. Destes, aproximadamente 20 participaram da tentativa de invasão. 

O Inter enfrenta o Coritiba, neste sábado, às 19h30min, no estádio Couto Pereira, na estreia do Brasileirão 2020. 


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895