Wellington Silva projeta “reverter situação ” contra o Fortaleza
capa

Wellington Silva projeta “reverter situação ” contra o Fortaleza

Atacante do Inter admitiu incômodo com má campanha fora de casa no Brasileirão

Por
Correio do Povo

Equipe que entrará em campo ainda é desconhecida

publicidade

Em meio aos mata-matas da Copa do Brasil e da Libertadores, o Inter também não tira o olho do Brasileirão. Ainda sem nenhuma vitória como visitante no campeonato, o Colorado tenta o primeiro triunfo contra o Fortaleza nesta sábado, a partir das 17h. O atacante Wellington Silva admitiu, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, que o retrospecto longe do Beira-Rio tem causado certa inquietação na equipe, por isso, garantiu que o foco no momento e conquistar os três pontos fora de casa. “Vamos a campo para reverter nossa situação”, advertiu.

Para isso, ele vê – e elogia –  a solidez defensiva como um ponto fundamental, uma vez que, a partir dela, é possível estruturar um ataque objetivo. “Quando os zagueiros, o goleiro e os laterais estão bem, quando a gente consegue se manter sem tomar gols, isso é muito importante, facilita na frente, porque não precisamos marcar tanto, um só gol é suficiente para conseguir a vitória”, avaliou o atacante, que reconheceu que será uma partida complicada: “O Fortaleza tem uma grande equipe, ainda mais jogando em casa, e tem a questão climática, que lá é um pouco pesado. Mas vamos entrar e dar o melhor para conseguir o resultado”.

Durante o treino desta quarta, o técnico Odair Hellmann não deu indícios de quem deve começar jogando. O comandante deve escalar uma equipe reserva, visando força máxima para a primeira partida das quartas de final da Libertadores, contra o Flamengo, na quarta-feira seguinte. “Sabemos a responsabilidade e a nossa situação, estamos em três competições e é muito difícil. A comissão faz um trabalho muito bom para prevenir lesões, cansaço. Precisamos de todos os jogadores, todos vem tendo oportunidades”, destacou.

“Não sabemos o time que vai a campo, mas é o Inter que vai entrar, então que tiver a oportunidade sabe da responsabilidade que é vestir essa camisa. Sabemos a nossa situação e vamos buscar a vitória. Esperamos continuar trabalhando, o professor sabe o que é melhor. Ele já está planejando tudo e vai escalar a equipe que ele pensa que será melhor”, concluiu.