Zé Ricardo admite chateação pela derrota no Gre-Nal e prega retomada rápida
capa

Zé Ricardo admite chateação pela derrota no Gre-Nal e prega retomada rápida

Treinador evitou expor os jogadores e afirmou que cobranças serão feitas internamente

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Zé Ricardo destacou que perder um jogador em um clássico é muito difícil, em especial, para a equipe visitante

publicidade

O técnico Zé Ricardo admitiu que o grupo de jogadores do Inter sentiu a derrota por 2 a 0 para o Grêmio, na Arena. Entretanto, como não terá a semana livre para treinos pretende conversar com os atletas nos próximos dias para que a remobilização seja rápida e para o jogo de quinta-feira, contra o Ceará, em Fortaleza.

“Saímos chateados pela derrota e, principalmente, porque aquilo que planejamos não surtiu efeito. Tivemos dois dias para treinar para a partida. Não só o D’Alessandro, mas outros jogadores apresentaram desgastes e, por isso, a opção. Conversamos e chegamos a decisão que era prudente usar ele no decorrer do jogo. A ideia era ter a posse de bola e a velocidade, para trabalhar na subida dos dois laterais do Grêmio”, explicou. “Hoje as coisas não deram certo para a gente.”

Sobre as demais alterações, Zé Ricardo admitiu que tentou fazer com que a equipe tivesse um rendimento parecido com aquele que teve na vitória sobre o Bahia, em Salvador. “São atletas que estão trabalhando o dia a dia com muita dedicação. Senti confiança que eles poderiam dar o melhor em campo. O que planejamos coletivamente acabou não acontecendo. Depois, quando tentamos mudar, perdemos um atleta a cinco minutos e ficou difícil”, declarou.

O treinador voltou a afirmar que não tem tempo para fazer uma “ruptura” grande do trabalho desenvolvido por Odair Hellmann nos últimos nove meses. Ele também deixou em aberta a possibilidade de voltar a escalar o tripé de volantes. Ao ser questionado como são feitas as cobranças no Inter, Zé Ricardo evitou expor os comandados. “Nossa cobrança é interna. Costumo fazer os elogios para fora e as cobranças internas. Certamente, vamos conversar e fazer as cobranças, como a direção faz comigo. No futebol profissional temos que sempre buscar o que é melhor”, concluiu.

O Inter volta a treinar às 15h30min no CT do Parque Gigante. O próximo compromisso é contra o Ceará, na quinta-feira, às 19h30min, no Castelão.