capa

Japonês de 52 anos é primeiro cego a cruzar o Pacífico a vela

Objetivo da viagem foi arrecadar fundos para suas atividades beneficentes

Por
AFP

Iwamoto chegou de manhã ao porto de Fukushima a bordo de seu veleiro, quase dois meses depois de zarpar da Califórnia

publicidade

O japonês Mitsuhiro Iwamoto, de 52 anos, tornou-se, neste sábado (20), o primeiro cego a concluir uma travessia a vela e sem paradas do oceano Pacífico - informou a imprensa japonesa. Iwamoto chegou de manhã ao porto de Fukushima a bordo de seu veleiro, quase dois meses depois de zarpar da Califórnia. 

O navegante, que vive em San Diego, partiu da cidade californiana às margens do Pacífico em 24 de fevereiro junto com Doug Smith, um americano que o ajudou oralmente, comunicando-lhe informações como a direção do vento. Esta foi a segunda tentativa de Iwamoto. 

Sua primeira viagem, há seis anos, terminou em naufrágio, depois que seu barco se chocou com uma baleia. "Estou em casa. Obrigado", disse ele durante a festa de boas-vindas organizada em Fukushima ao fim de um percurso de cerca de 14.000 quilômetros. "Não desisti e transformei meu sonho em realidade", acrescentou, citado pela agência japonesa Kyodo News. 

É a primeira vez que um cego atravessa o Pacífico de veleiro, completou a agência. Mitsuhiro Iwamoto perdeu a visão aos 16 anos. O objetivo da viagem foi arrecadar fundos para suas atividades beneficentes, em particular, ajudar os esforços para prevenir doenças que causam cegueira.