Jogadores argentinos que burlaram protocolo da Anvisa vão para o jogo
patrocinado por

Jogadores argentinos que burlaram protocolo da Anvisa vão para o jogo

Conmebol e CBF entraram em contato com o Governo Federal para permitir a realização da partida

Correio do Povo

Atletas vão deixar o país logo após o confronto, separados da delegação

publicidade

Fim do imbróglio entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Seleção Argentina. Os quatro jogadores da seleção ameaçados de deportação vão para o jogo. A Conmebol e a CBF entraram em contato com o Governo Federal para garantir que o goleiro Emiliano Martinez, os meias Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero possam ir para o jogo. Ambos vão deixar o país logo após o confronto. As informações são do portal GE.

Veja Também

Os atletas não comunicaram passagem pela Inglaterra – todos residem no país – e não passaram por quarentena dentro dos protocolos de controle da Covid-19 exigidos pela Anvisa para ingresso no Brasil. 

Conforme o GE, os quatro jogadores argentinos vão separados da delegação para o aeroporto assim que acabar o jogo para deixarem o país. Pelo acordo da AFA com os times ingleses, os atletas teriam que retornar para o Reino Unido depois do segundo jogo. Apesar disso, o técnico Lionel Scaloni disse que eles jogariam também a terceira partida.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895