Jogadores de PSG e Istanbul abandonam partida após denúncia de racismo
patrocinado por

Jogadores de PSG e Istanbul abandonam partida após denúncia de racismo

Partida da Liga dos Campeões foi suspensa após membro da equipe de arbitragem ofender integrante da comissão técnica do time turco

Correio do Povo

Jogadores protestaram e abandonaram o gramado após a denúncia de racismo

publicidade

O Parque dos Príncipes, em Paris, foi palco de um momento histórico para o futebol europeu nesta terça-feira. As duas equipes abandonaram o campo após a denúncia de uma ofensa racista por parte do quarto árbitro contra um integrante da comissão técnica do Istanbul, em partida contra o PSG, pela Liga dos Campeões. 

O quarto árbitro romeno teria ofendido o camaronês Pierre Webo, ex-atacante e membro da comissão técnica do time turco. Revoltado, o jogador Demba Ba, do Istanbul, protestou e foi expulso. Revoltados, os jogadores das duas equipes deixaram o gramado. Conforme a UEFA, a partida está suspensa. 

A confusão aconteceu logo no início do jogo, aos 13 minutos do primeiro tempo. Por meio de sua conta oficial no Twitter, o Istanbul protestou contra o racismo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895