Jogadores do Napoli entram em campo com a camisa 10 para homenagear Maradona

Jogadores do Napoli entram em campo com a camisa 10 para homenagear Maradona

Com braçadeiras pretas, os atletas posaram com a camisa emblemática durante a apresentação e no minuto de silêncio

AFP

A imagem de Maradona estava presente nos telões

publicidade

Todos os jogadores do Napoli entraram em campo com a camisa 10 e o nome de Diego Maradona, nesta quinta-feira em jogo da Liga Europa, em homenagem ao argentino, morto na quarta, aos 60 anos.

Com braçadeiras pretas, os atletas posaram com a camisa emblemática durante a apresentação e no minuto de silêncio que foi respeitado em um Estádio San Paolo vazio devido à pandemia de Covid-19. A imagem de Maradona estava presente nos telões.

Antes mesmo desse momento, o capitão napolitano Lorenzo Insigne homenageou o ídolo da cidade, que conquistou os dois únicos títulos da Serie A que o clube possui (1987 e 1990), e apareceu em um vídeo publicado pelo clube, depositando um buquê de flores fora do estádio. "Maradona representa muito, não só para mim, mas para todos os napolitanos. Ele sempre nos defendeu, sempre nos carregou no coração e devemos fazer o mesmo", disse Insigne ao canal Sky Sport.

Foto: Filippo Monforte / AFP / CP

Ao longo do dia, centenas de napolitanos se reuniram no Estádio San Paolo para se despedir do "Pibe de Oro", local que em breve poderá mudar de nome e passar a se chamar Estádio Diego Maradona, conforme proposto na quarta-feira pelo prefeito da cidade.

"Eu acho que é justo batizar San Paolo com seu nome para tê-lo ainda conosco", escreveu o presidente do clube, Aurelio de Laurentiis, no site do clube. Uma placa com o rosto do ex-jogador, o nome "Estadio Diego Armando Maradona" e a assinatura dos "tifosi" da famosa "Curva B", foi colocada no muro que cerca o estádio nesta quinta-feira.

Todo o entorno do estádio amanheceu repleto de lenços "albicelestes", as cores que são também da seleção argentina, além de flores, camisetas com o icônico número 10 além de retratos do ídolo, formando uma parede em homenagem a Maradona, que jogou pelo Napoli de 1984 a 1991 e onde deixou lembranças inesquecíveis entre todos os napolitanos.

O Napoli enfrenta o croata Rijeka nesta quinta-feira na partida da Liga Europa da quarta fase.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895