Juazeirense bate Sport, mas decisão da vaga na Copa do Brasil pode ir para o TJD
patrocinado por

Juazeirense bate Sport, mas decisão da vaga na Copa do Brasil pode ir para o TJD

Partida foi interrompida aos 52 minutos do segundo tempo, por falta de iluminação

AE

publicidade

O Juazeirense derrotou o Sport, nesta quarta-feira, em Juazeiro, na Bahia, por 3 a 2, mas a confirmação da vaga na segunda fase da Copa do Brasil só deverá ser feita no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da CBF.

A eliminação do Sport, que era franco favorito diante do Juazeirense, em jogo disputado no interior da Bahia, só não foi consumada porque o jogo parou aos 52 minutos do segundo tempo por falta de energia. O árbitro Ramon Abatti Abel (SC) tinha dado 11 minutos de acréscimos, depois esperou o retorno da iluminação, porém, isso não ocorreu por causa de uma falha no gerador do estádio Adauto Moraes, na cidade de Juazeiro.

O vencedor deste duelo vai pegar o vencedor de Castanhal-PA e Volta Redonda-RJ que vão se enfrentar dia 17 no estádio Modelão, no interior do Pará.

Wesley abriu o placar para o time de Juazeiro no minuto inicial, mas rapidamente o Sport virou com Ronaldo Henrique, de pênalti, e Mikael. No primeiro minuto do segundo tempo, Clébson usou a cabeça e deixou o placar igual. O zagueiro Dedé, de cabeça, fez 3 a 2 para o Juazeirense, que depois se defendeu para festejar a classificação.

Aos 43 minutos do segundo tempo, o zagueiro Dedé bateu a cabeça e desmaiou. O jogo ficou oito minutos parado. Já nos acréscimos, que teria 11 minutos além do tempo normal, houve a queda de energia em parte do sistema de iluminação. A irrigação foi ligada duas vezes de forma automática e, por catimba, as bolas reservas sumiram. Com o gerador quebrado, a iluminação não voltou depois de uma hora e meia de espera.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895