Juventude anuncia venda de Breno, vice-artilheiro da Série B, ao Palmeiras
patrocinado por

Juventude anuncia venda de Breno, vice-artilheiro da Série B, ao Palmeiras

Clube de Caxias do Sul ficará com parte dos direitos econômicos do atacante de 24 anos

AE

Juventude anunciou a venda de Breno, de 24 anos, mas ainda ficará com uma participação nos direitos econômicos do jogador

publicidade

O Juventude confirmou a venda do atacante Breno Lopes ao Palmeiras. De acordo com o clube gaúcho, a equipe ainda permanecerá com uma participação nos direitos econômicos do jogador. A direção do time paulista ainda não oficializou a contratação.

Breno estava no Juventude desde janeiro de 2019, sendo importante no acesso da equipe à Série B, chegando ao clube após iniciar sua carreira no Joinville. Depois, teve passagens por Figueirense e Athletico-PR, antes de fazer seu retorno ao Alfredo Jaconi durante a atual temporada. Ele tem 24 anos e é o vice-artilheiro da segunda divisão nacional, com nove gols marcados.

"Não posso deixar de enaltecer o que o Juventude fez por mim. Desde que cheguei, me senti em casa e só tenho a agradecer, desde os funcionários, companheiros, comissão, diretoria e torcedores. É um clube que acreditou em mim e a torcida me abraçou sempre. Isso nunca vou esquecer e espero que os Jaconeros também não se esqueçam de mim. Tenho certeza de que o clube seguirá num caminho onde os objetivos vão ser alcançados e minha torcida é ver o Ju na Série A. Agora, vou para um novo desafio, uma nova oportunidade, em um clube gigante do futebol, seguindo o meu sonho de moleque", destacou Breno, em sua despedida do Juventude.

Com a contratação de Breno, o Palmeiras busca suprir a perda de Wesley, ponta que sofreu grave lesão no joelho esquerdo, passou por cirurgia e não atuará mais nesta temporada. Ele é a quinta contratação do Palmeiras em 2020. Antes, chegaram o lateral-esquerdo Matías Viña e o atacante Rony, além dos zagueiros Benjamín Kuscevic e Alan Empereur, estes nos últimos dias.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895