Mbappé decide seguir no PSG e decepciona Real Madrid

Mbappé decide seguir no PSG e decepciona Real Madrid

Um acordo preliminar entre Mbappé e PSG foi alcançado para esta renovação, disse à AFP uma fonte próxima à negociação

AFP

Mbappé acabou decidindo renovar com o Paris Saint-Germain

publicidade

Apesar de meses de rumores e especulações que o colocaram muito perto do Real Madrid, Kylian Mbappé acabou decidindo renovar com o Paris Saint-Germain, segundo vários importantes meios de comunicação especializados da França e da Espanha. 
 
Um acordo preliminar entre Mbappé e PSG foi alcançado para esta renovação, disse à AFP uma fonte próxima à negociação. A novela já dura vários meses, certamente demais para os torcedores do time da capital francesa, que puderam respirar aliviados neste sábado, poucas horas antes do último jogo do time na Ligue 1 2021-2022, contra o Metz. 
 
A imprensa especializada da França e da Espanha coincidiu neste sábado em suas edições na internet. L'Équipe, Marca, Le Parisien-Aujourd'hui en France e RMC estamparam o "sim" de Mbappé ao PSG e, portanto, o seu "não" ao Real Madrid. O acordo com o PSG seria de três anos e ainda não foi assinado. Falta a confirmação oficial do acordo.
 
De acordo com diversos meios de comunicação, Mbappé já comunicou sua decisão ao presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, que já havia tentado adquirir o atacante há um ano, sem sucesso. 
 
O presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, não escondeu sua raiva em uma mensagem no Twitter: "O que o PSG vai fazer renovando Mbappé com grandes quantias de dinheiro (para saber onde e como ele os paga) depois de registrar perdas de cerca de 700 milhões de euros (739 milhões de dólares) nas últimas temporadas e ter mais de 600 milhões de euros (633 milhões de dólares) em salários é um INSULTO ao futebol (presidente do PSG, Nasser) Al Khelafi é tão perigoso quanto a Superliga". 
 
Por fim, Kylian Mbappé, nascido há 23 anos em Bondy (perto de Paris), optou pela continuidade e por ser fiel ao clube que o contratou em 2017, "quando ainda não era ninguém", segundo as próprias palavras do jogador em maio de 2021.
 

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895