Mesmo com prazo apertado, Unión Española cogita ir ao TAS por vaga na Libertadores
capa

Mesmo com prazo apertado, Unión Española cogita ir ao TAS por vaga na Libertadores

Equipe chilena reitera posição de não entrar em campo pela Copa Chile no sábado, mas ainda pretender ser adversário do Inter

Por
Correio do Povo / Rádio Guaíba

Equipe admitiu possibilidade de ir ao TAS por vaga na Pré-Libertadores

publicidade

A Uniõn Española, que repetidas vezes afirmou que não irá jogar a partida válida pela semifinal da Copa Chile no sábado, diante da Universidad do Chile, admitiu que cogita ir ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) na Suíça, para ficar com a vaga na pré-Libertadores de 2020. A definição do finalista no país também possibilitaria o conhecimento do primeiro adversário do Inter na competição continental.

Ao voltar a admitir que irá dar W.O. no jogo de sábado, o Unión Española abre mão momentaneamente da vaga, que passa para o adversário do confronto, a Universidad do Chile. No entanto, em entrevista à Rádio Guaíba nesta quinta-feira, o diretor-geral do clube, Luiz Baquedano, disse que o clube pode buscar a vaga nos tribunais. "Não há tempo, mas estamos estudando a possibilidade", resumiu.

Baquedano disse que, hoje, a Uniõn Española "está fora" da Libertadores, e admitiu que quem vai jogar a competição na vaga do Chile 4 é a Universidad do Chile. "Diante do caos social, terminou o futebol no ano passado. Isso inclui a Copa Chile. Julgamos que seríamos a equipe que iria representar o país e ficamos com a vaga, mas deixamos o tema na mão da federação", destacou.

A partida de ida do Inter contra o representante do "Chile 4" está marcada para o dia 4 de fevereiro, às 19h15min, fora de casa. Assim, o Colorado viaja para o país em voo fretado no dia 2, após a partida contra o Ypiranga, no dia 1°, em Erechim. O jogo de volta diante dos chilenos acontece no dia 11 de fevereiro, às 19h15min, no Beira-Rio.

Amistoso cancelado

Na tarde desta quinta-feira, um elemento novo foi adicionado na indefinição. A Unión Española havia marcado um amistoso no mesmo dia para o qual estava prevista a semifinal da Copa Chile, às 10h, horário local.

No entanto, o clube publicou uma nota em seu site oficial, informando que o confronto contra o Barnechea foi cancelado. De acordo com a publicação, o motivo foi a falta de autorização da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) do Chile para a realização da partida, algo que será "respeitado pela instituição", segundo o Unión Española.

A ANFP também se manifestou sobre o tema, por meio de nota oficial publicada no site oficial da entidade. No início da tarde, destacou que optou por não colocar à venda ingressos para Unión Española x Universidad do Chile. Ainda no texto, a ANFP lamentou a decisão, destacando que o "público e os torcedores são o maior patrimônio" da Federação.