Atletismo: Alison bate recorde sul-americano e vai à final dos 400m com barreira

Atletismo: Alison bate recorde sul-americano e vai à final dos 400m com barreira

Por causa do seu bom desempenho, ele conseguiu uma das duas primeiras colocações que deram acesso direto à final desta terça-feira

AFP

Atletismo: Alison bate recorde sul-americano e vai à final dos 400m com barreira

publicidade

O brasileiro Alison dos Santos se classificou para a final da prova de atletismo dos 400 metros com barreira nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 ao vencer sua eliminatória com o tempo de 47 segundos e 31 centésimos.

Ele melhorou assim seu próprio recorde sul-americano em três centésimos, que havia estabelecido no início do mês passado com 47,34, o que lhe permitiu vencer na etapa de Estocolmo da Diamond League. Alison bateu o recorde sul-americano cinco vezes desde maio, mostrando que está em constante evolução e que pode lutar contra os favoritos na modalidade.

Com seu grande tempo deste domingo, ele conseguiu uma das duas primeiras colocações que deram acesso direto à final desta terça-feira, sem ter que esperar a repescagem por tempos. "A gente tá muito confiante para essa competição, treinou bastante. Estamos bem condicionados. Então isso nos dá muita confiança", disse Alison em entrevista à Rede Globo após a eliminatória.

Semifinais

No geral dos tempos das semifinais, Alison dos Santos fez o segundo melhor tempo, só superado pelo norueguês Karsten Warholm (47,30), atual campeão do mundo e recordista mundial desde o mês passado, quando conseguiu o tempo de 46,70 na etapa de Oslo da Diamond League.

Alison foi mais rápido na semifinal do que outros dois grandes nomes da prova, o americano Rai Benjamin (47,37) e o catariano Abderrahman Samba (47,47).

"Muito feliz com a classificação para a final. A gente estava planejando isso, sonhando com isso, e hoje se tornou realidade", comemorou o brasileiro.

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895