Gabriel Bandeira conquista o primeiro ouro do Brasil nos Jogos Paralímpicos 2021

Gabriel Bandeira conquista o primeiro ouro do Brasil nos Jogos Paralímpicos 2021

Além do paulista, Gabrielzinho conquistou uma prata e Daniel Dias e Phelipe Rodrigues o bronze

Correio do Povo e Agência Brasil

O paulista Gabriel Bandeira conquistou a primeira medalha de ouro para o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio 2021 na prova 100 metros borboleta da classe S14 (deficiência intelectual)

publicidade

O paulista Gabriel Bandeira e o mineiro Gabriel Geraldo Araújo, também conhecido como Gabrielzinho, conquistaram as duas primeiras medalhas para a natação brasileira na Paralimpíada de Tóquio, no Japão. O Brasil ainda conquistou duas medalhas de bronze com o multicampeão Daniel Dias e com Phelipe Rodrigues.

Bandeira levou o ouro com o tempo de 54s76, alcançando o novo recorde paralímpico na prova de 100 metros borboleta da classe S14 (deficiência intelectual). Atrás do atleta brasileiro de 21 anos, ficou o britânico Reece Dunn, que levou medalha de prata, tendo obtido a marca de 55s12. Ele é o atual recordista mundial. Na sequência tivemos o australiano Benjamin Hance, com o tempo de 56s90.

Já a prata veio na prova dos 100m costas da classe S2 (deficiência físico-motora). Gabrielzinho fez o tempo de 2min2s47. Gabriel Geraldo Araújo, de 19 anos, ficou apenas o chileno Alberto Abarza, que se tornou campeão paralímpico após atingir 2min00s40. Já o bronze quem levou foi Vladimir Danilenko, do Comitê Olímpico Russo, com a marca de 2min02s74.

Phelipe Rodrigues garantiu uma medalha de terceiro lugar, na prova dos 50m livre, da classe S10, com o tempo de 23.50. Já Daniel Dias conquistou a sua 25ª medalha nos jogos paralímpicos. Ele chegou na terceira colocação na prova dos 200m livre, da classe S5.

As competições de natação estão sendo disputadas no Centro Aquático de Tóquio.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895