João Roma chega a Tóquio para representar Bolsonaro na abertura

João Roma chega a Tóquio para representar Bolsonaro na abertura

Ministro da Cidadania vai acompanhar a estreia da seleção brasileira masculina de futebol contra a Alemanha

R7

Ministro da Cidadania vai acompanhar a estreia da seleção brasileira masculina de futebol contra a Alemanha

publicidade

O ministro da Cidadania, João Roma, desembarcou na noite desta quarta-feira (21) em Tóquio para representar o presidente Jair Bolsonaro na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos. Ele permanece na capital japonesa até segunda-feira (26), período em que cumprirá uma série de compromissos oficiais.

"Depois de uma longa viagem, de quase 40 horas, chegamos aqui a Tóquio. Estou acompanhado do presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley, e fomos recepcionados pelo embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Saboia, para darmos sequência a uma intensa programação, representando o governo federal, na abertura dos Jogos de Tóquio. Que venham os Jogos Olímpicos", afirmou João Roma.

Veja Também

O ministro gravou ainda um vídeo direcionado à delegação nacional, para parabenizar atletas, treinadores e demais integrantes da delegação pela conquista da vaga para representar o país no megaevento. "O governo federal deseja a atletas, comissões técnicas e profissionais envolvidos muito sucesso nesse grande desafio que são os Jogos Olímpicos de Tóquio. O esforço e a dedicação de cada um de vocês nos enche de orgulho e serve de exemplo para toda a nossa nação”, afirmou.

Nesta quinta-feira (22), o ministro, o embaixador, o presidente do COB e o diretor-geral do COB, o campeão olímpico no judô Rogério Sampaio, assistirão à estreia da seleção masculina de futebol nos Jogos Olímpicos. Brasil e Alemanha se enfrentam no Estádio Internacional de Yokohama, a partir das 20h30 (horário do Japão, 8h30 da manhã no Brasil).

A agenda do ministro no Japão inclui encontro com o ministro da Educação, Cultura, Esporte e Ciência e Tecnologia do Japão, Hagiuda Koichi, e uma reunião com o vice-diretor-geral do Comitê Olímpico Internacional, Pere Miró, entre outros compromissos.

Bolsa Atleta

A delegação brasileira em Tóquio é composta por 301 atletas, que vão representar o país em 35 modalidades. Segundo o Ministério da Cidadania, desse total, 241 (80%) são integrantes do Bolsa Atleta, o programa de patrocínio do governo federal. "Em 19 das 35 modalidades com presença brasileira em Tóquio, 100% dos atletas são contemplados pelo programa", afirma a pasta.

"Por meio do Bolsa Atleta, da Lei de Incentivo ao Esporte e da Lei das Loterias são investidos anualmente R$ 745 milhões no esporte de alto rendimento do país, valor que é fundamental para as delegações nacionais possam se preparar adequadamente para os grandes eventos mundiais como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos", afirma o Ministério da Cidadania.  


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895