Vibe churrasco de domingo: traje do Brasil rouba a cena na festa da Olimpíada

Vibe churrasco de domingo: traje do Brasil rouba a cena na festa da Olimpíada

Uniforme usado pelos atletas brasileiros na cerimônia de abertura em Tóquio foi classificado como "traje típico" pelos internautas

R7

Bruninho, do voleibol, e Ketleyn Quadros, do judô, levaram a bandeira brasileira na reduzida delegação na cerimônia de abertura de Tóquio 2020

publicidade

Vestidinho estampado, bermuda e chinelo. Foi nessa vibe churrasco de domingo que os atletas brasileiros entraram na cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio, nesta sexta-feira (23). O uniforme roubou a cena e chamou a atenção dos internautas, que classificaram a roupa como “traje típico”.

Com a decisão do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) de limitar a participação do Brasil na festa, apenas dois atletas puderam fazer parte da cerimônia oficial: Bruninho, do voleibol, e Ketleyn Quadros, do judô. Além deles, também participaram o chefe de missão Marco La Porta e mais um oficial administrativo.

Mas o Time Brasil não quis ficar de fora da festa e vários atletas improvisaram um desfile próprio, na manhã desta sexta-feira (23), saindo pelas ruas da Vila Olímpica com o uniforme oficial.

Para a festa ficar completa, faltou apenas um pratinho descartável com carne e farofa, segundo um usuário do Twitter.

Não tocou pagode na cerimônia de abertura, mas a vibe brasileira era de churrasco, sim!

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895