Oswaldo de Oliveira assume como técnico do Fluminense
capa

Oswaldo de Oliveira assume como técnico do Fluminense

O treinador substitui Fernando Diniz, demitido após a derrota em casa para o CSA por 1 a 0

Por
AE

Técnico fará sua terceira passagem pelo clube carioca

publicidade

Depois de tentativas frustradas para a contratação de Abel Braga e Dorival Junior, o Fluminense anunciou, nesta terça-feira, a contratação de Oswaldo de Oliveira como o novo treinador da equipe das Laranjeiras.

Oswaldo chega ao Fluminense nesta quarta-feira, viaja com o elenco, mas o auxiliar Marcão seguirá à frente da equipe no duelo com o Corinthians, quinta-feira, em Itaquera, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Ele será apresentado à imprensa somente na próxima segunda-feira.

Esta vai ser a terceira passagem de Oswaldo no Fluminense: em 2001, levou o time até a semifinal do Campeonato Brasileiro, e em 2006 foi semifinalista da Copa do Brasil. Atualmente, o profissional estava sem clube desde o semestre passado, quando dirigiu o Urawa Reds, no Japão, time no qual se sagrou campeão da Copa do Imperador no ano passado.

Oswaldo começou a carreira como técnico em 1999 no Corinthians, ao substituir Vanderlei Luxemburgo, chamado para dirigir a seleção brasileira. Foi campeão paulista, brasileiro e mundial. Em 2000, levou o Vasco às finais da Copa João Havelange e da Copa Mercosul, mas foi demitido após desentendimento com Eurico Miranda.

Ele tem no currículo também o Supercampeonato Paulista de 2002 pelo São Paulo, o Carioca de 2013 pelo Botafogo, além de vários títulos pelo Kashima Antlers, do Japão. Passou também por Atlético-MG, Al Arabi, Sport, Flamengo, Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Al-Ahli, Figueirense, Vitória, São Paulo e Botafogo.

Oswaldo vai substituir Fernando Diniz, que deixou o cargo na segunda-feira, após 44 jogos, com 18 vitórias, 11 empates e 15 derrotas. O técnico não resistiu ao revés diante do CSA por 1 a 0, domingo, no Maracanã. Com o resultado, o time carioca passou a figurar dentro da zona de rebaixamento. Atualmente, a equipe ocupa o 18º posto no Brasileirão, com 12 pontos: três vitórias, três empates e nove derrotas.