Palmeiras marca no final, mas sofre empate imediato do Boca Juniors
capa

Palmeiras marca no final, mas sofre empate imediato do Boca Juniors

Jogo truncado incendiou nos acréscimos, com 1 a 1 batalhado dos argentinos

Por
Correio do Povo

Jogo truncado incendiou nos acréscimos, com 1 a 1 batalhado dos argentinos

publicidade

O Palmeiras teve um doloroso empate com o Boca Juniors, nesta quarta-feira no Allianz Parque. O Verdão sentiu o gostinho da vitória, com um gol nos minutos finais, só para sofrer o empate imediato dos incansáveis hermanos. O placar de 1 a 1 manteve os paulistas na liderança do Grupo 8, com sete pontos, mas os argentinos estão na perseguição, com cinco.

Enfrentando uma das maiores potências da América, o Palmeiras teve todo o cuidado, mas sempre com certa obrigação de vencer para apagar a final do Paulistão, com a derrota polêmica para o Corinthians. O talento de Carlitos Tevez e o know-how de como jogar Libertadores fazem do Boca uma força a considerar, mesmo quando a fase não é tão boa.

O resultado foi uma primeira etapa truncada sem chances evidentes de gol. Dudu e Keno tentaram na velocidade, mas sempre havia um marcador hermano pelo caminho. O Boca, enquanto isso, só estudava.

Depois do intervalo, a toada seguiu parecida, sem qualquer dos times desfazer o ferrolho para buscar a vitória. Apenas no final é que a partida incendiou.

Aos 44 minutos, Jara errou na saída de bola e armou um contragolpe. Guerra disparou pela esquerda e fez belo cruzamento de trivela. Keno apareceu para completar de primeira e correu para a festa.

Só que contra o Boca todo cuidado é pouco e o Verdão se perdeu na saída de bola. Antônio Carlos furou em bola, Pavón recolheu pela esquerda e cruzou na área. Tevez correu entre dois marcadores e, mesmo assim, conseguiu concluir para o gol. A bola ainda bateu no travessão e quicou cruelmente sobre a linha, antes de entrar para o 1 a 1.